Você está aqui: Página Inicial > Notícias > USP irá desburocratizar pelo modelo GESPÚBLICA

USP irá desburocratizar pelo modelo GESPÚBLICA

publicado:  28/11/2006 04h00, última modificação:  02/06/2015 16h21

Brasília, 28/11/2006 - O diretor do Departamento de Programas de Gestão do Ministério do Planejamento e gerente executivo do Programa Nacional da Gestão Pública e Desburocratização, Paulo Daniel Barreto Lima, realizou palestra em São Paulo, na segunda-feira (27), no lançamento do Programa de Gestão Estratégica e Desburocratização na Administração da USP. O programa para combater a burocracia na gestão da Universidade de São Paulo usará como referência o GESPÚBLICA.

Daniel Lima disse na abertura do evento que o Programa do Governo Federal visa contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos e para o desenvolvimento do país tendo como foco atender bem ao cidadão. Para trilhar esses caminhos ele destacou que existem critérios para serem seguidos: "fatores integrados e relacionados como liderança; estratégia e planos; cidadãos e sociedade; informação e conhecimento; pessoas, processos e resultados".

No apoio técnico à USP que deverá implementar um processo de reformas adequado à sua natureza de instituição acadêmica o GESPÚBLICA dará suporte e assessoria em vários ciclos de melhorias, envolvendo cursos, seminários, palestras e formação de agentes multiplicadores.

"Não conhecia a fundo o GESPÙBLICA, mas fiquei feliz de ver que minha visão acadêmica coincidia com essa visão da necessidade de gestão e desburocratização", disse a reitora Suely Vilela, em reportagem publicada no Jornal da USP.

A reitora anunciou para a comunidade acadêmica que uma das primeiras ações previstas a partir da parceria com o GESPÚBLICA será a realização de um curso para agentes multiplicadores que terá a participação de 40 servidores da Reitoria. "A Reitoria dará o exemplo para a adesão dos demais ao processo", explicou Suely. Há um ano no cargo a reitora disse que um dos legados que gostaria de deixar "é exatamente provocar uma mudança de cultura organizacional, implementando um modelo de excelência em gestão universitária".