Você está aqui: Página Inicial > Notícias > TáxiGov é apresentado ao TCU e órgãos do Judiciário

Notícias

TáxiGov é apresentado ao TCU e órgãos do Judiciário

Experiência será referência para revisão de contratos de transporte
publicado:  20/03/2017 16h32, última modificação:  20/03/2017 16h36

 

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) apresentou, para representantes do Poder Judiciário e do Tribunal de Contas da União (TCU), o TáxiGov com informações sobre desenvolvimento do projeto, estruturação, plano de implementação, vantagens e comparações com outros modelos de transporte vigentes. O encontro foi realizado, na semana passada, a pedido dos órgãos, que demonstraram interesse em conhecer a iniciativa.

Foto: Gleice Mere/Ministério do Planejamento 

Durante a reunião, o secretário de Gestão do MP, Gleisson Rubin, ressaltou a eficiência do projeto para a Administração Pública. Com a utilização do TáxiGov, a proposta é reduzir em até 60% as despesas relacionadas ao transporte de servidores – a economia estimada é de R$ 20 milhões ao ano. “Só conseguimos chegar em uma economia dessa magnitude porque mudamos o modelo de transporte por completo”, disse.

Os participantes também conheceram as vantagens relacionadas ao uso do TáxiGov. “Trata-se um sistema mais voltado à gestão estratégica do que propriamente ao apoio administrativo. O aplicativo cria um espaço para realização de trilhas de auditoria e correção de disfunções”, afirmou Rubin. O gestor pode fazer o controle de várias etapas – desde a autorização de quem pode solicitar a corrida até o limite de valor por viagem, os horários, entre outras informações fornecidas pelo sistema.

“O TáxiGov merece ser observado. Além de promover a redução de custos, ele traz inovação para a Administração Pública. Se o modelo for adequado à realidade dos tribunais, iremos adotar as boas práticas e quem sabe implantar o sistema”, disse o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Norberto Campelo.

Em março, o modelo está sendo implantado em quatro órgãos: MP, Controladoria Geral da União (CGU), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A implantação do novo modelo nos órgãos será gradual. A estimativa é que até início de 2018 todos os órgãos da Administração Pública Federal localizados no Distrito Federal comecem a utilizar o serviço.

O TáxiGov é um sistema de transporte de servidores e colaboradores do Executivo Federal, em exercício no Distrito Federal, que necessitam se deslocar em função de atividades administrativas. Os usuários podem solicitar o transporte por meio de aplicativo para smartphone, via web ou por Central de Atendimento.

Estiveram presentes no encontro representantes de tribunais superiores, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), do Tribunal de Contas União (TCU) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Entre eles Marcos Brayner, Secretário Geral do STJ, Gustavo Caribé, Diretor Geral do TST e Celso de Oliveira, Secretário Geral do TJDFT.

Órgãos participantes:

Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

Superior Tribunal de Justiça (STJ)

Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Tribunal Superior do Trabalho (TST)

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT)

Tribunal de Contas da União (TCU)