Você está aqui: Página Inicial > Releases > SPU inicia cadastramento em Planaltina, Sobradinho e Vila São José

SPU inicia cadastramento em Planaltina, Sobradinho e Vila São José

publicado:  18/10/2006 06h00, última modificação:  02/06/2015 19h21

Brasília, 18/10/2006 - A partir do dia 20/10, a Gerência do Distrito Federal da Secretaria de Patrimônio da União-SPU, iniciará o cadastramento de cerca de 4.232 famílias que ocupam terras da União em Sobradinho, Planaltina e Vila São José, cidades-satélite de Brasília.

As ações começarão no Condomínio Vivendas Vila Nova, localizado na região conhecida como Fazenda Sálvia, em Sobradinho. A estimativa é de que trinta famílias sejam cadastradas em apenas um dia, no período das 9 às 17 horas.

Nos dias 21 e 22/10, aproximadamente 200 famílias do Condomínio Vivendas Nova Petrópolis, em Planaltina, serão cadastradas.

No dia 23/10, começará o levantamento das famílias moradoras da Vila São José, dentro da Fazenda Brejo ou Torto, no setor habitacional de Vicente Pires. Estima-se que 4 mil famílias ocupem a região de 97 hectares.

O cadastramento é a segunda etapa do processo de regularização fundiária dessas áreas da União, declaradas de interesse social para assentamento de famílias de baixa renda, com publicação no Diário Oficial da União. A primeira é a demarcação das terras públicas.

De 3 de junho a 21 de setembro foram cadastradas 10.122 famílias ocupantes de terras da União no Distrito Federal nas regiões de Vicente Pires, Lago Oeste e Lago Azul.

Em Vicente Pires, cidade satélite de Brasília, registrou-se, com o auxílio do Exército Brasileiro, a presença de 9.500 moradores de média renda.

No Lago Oeste, cerca de 450 famílias de média renda representam 90% dos habitantes em área pública federal no bairro.

Os habitantes do Condomínio Lago Azul, no grande Colorado, em Sobradinho, foram cadastrados, totalizando 172 famílias de rendas média e alta.