Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SPU arrecada R$ 15,7 milhões com a venda de sete imóveis no DF

Notícias

SPU arrecada R$ 15,7 milhões com a venda de sete imóveis no DF

Valor é superior a 56% do valor total do edital; casa no Lago Sul recebe proposta 71% superior ao preço mínimo fixado
publicado:  20/06/2017 17h27, última modificação:  20/06/2017 17h27

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU/MP) arrecadou R$ 15,7 milhões com a venda de sete imóveis no Distrito Federal na concorrência pública lançada em 16 de maio. O montante corresponde a mais de 56% do valor de todo o edital, que ofereceu 24 apartamentos e uma casa no Lago Sul.

A abertura das propostas e análise dos documentos para a oferta dos imóveis ocorreu na tarde desta terça-feira (20), no auditório térreo do   Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).

Foto: Clésio Rocha - Ascom/MP

A maior oferta ficou para a casa na QL 12 do Lago Sul. Com preço mínimo de R$ 6,6 milhões, foi vendida por R$ 11,3 milhões, um valor 71% superior. O imóvel, que já serviu de residência a vários ministros da Fazenda, recebeu quatro propostas e levou quem fez a maior oferta.

Além da casa, receberam propostas e foram vendidos seis apartamentos na Asa Norte, dois na 412 Norte, dois na 308 Norte, um na 412 Norte e um na 104 Norte. A homologação do resultado da concorrência pública será no dia 28 de junho. O valor recolhido de caução das propostas que não obtiveram êxito será devolvido na próxima semana aos participantes da licitação.

Na avaliação do secretário do Patrimônio da União, Sidrack Correia, o resultado foi satisfatório e mostra que a forma de edital desenvolvida pela equipe está correta e que, apesar do momento desfavorável da economia, a SPU elegeu bons imóveis e conseguiu atingir um resultado bem superior aos de editais passados.

Em 2016, foram lançados 17 editais pela Caixa Econômica Federal, que resultaram numa arrecadação de R$ 17,9 milhões para a União. Este ano, em apenas um edital o valor atingido superou R$ 15 milhões. “Este foi o primeiro passo dado pela SPU na nova sistemática de vendas. Os próximos nos levarão a resultados ainda mais exitosos”, afirmou Correia.

A conclusão do processo de venda desses imóveis deverá ocorrer em até 45 dias, que é o prazo aproximado para a assinatura do contrato com os licitantes vencedores.