Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SPU ajuda a erradicar favelas em Duque de Caxias-RJ

SPU ajuda a erradicar favelas em Duque de Caxias-RJ

publicado:  12/12/2006 04h00, última modificação:  02/06/2015 16h21

Brasília, 12/12/2006 - A secretária de Patrimônio da União do Ministério do Planejamento, Alexandra Reschke, assina amanhã (quarta-feira, 13), às 10h30, na sede da prefeitura de Duque de Caxias-RJ, termo de cooperação e parceria entre a SPU/MP, a Caixa Econômica Federal, e a prefeitura local, para erradicação de cinco favelas do município.

O projeto prevê a construção de 1.330 residências de alvenaria em lugar dos barracos existentes hoje. Com isso, quase seis mil pessoas que habitam em condições precárias, a maioria barracos de papelão, passarão a ter sua casa própria, com cinco cômodos - dois quartos, sala, cozinha e banheiro. São famílias que vivem em condições quase de miséria absoluta, com renda média inferior a um salário-mínimo.

A SPU-MP entra como co-gestora do projeto, inclusive aportando recursos de R$ 5 mil para cada unidade residencial, que terá custo zero para as famílias beneficiadas. À Prefeitura Municipal cabe, além da organização dos moradores e distribuição das residências, a colocação de infra-estrutura no local. A Caixa Econômica Federal atuará como o principal agente financeiro.

Futuramente, o mesmo projeto será estendido a dois outros dois municípios do Estado do Rio: São Gonçalo, que ganhará 430 casas nos mesmos molde, e Cidade de Deus, que terá 618 residências.