Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Seminário internacional discute o combate à corrupção

Seminário internacional discute o combate à corrupção

publicado:  08/06/2007 06h00, última modificação:  02/06/2015 16h21
Brasília, 8/6/2007 - A Controladoria-Geral da União (CGU) e o Projeto EuroBrasil 2000, do Ministério do Planejamento, realizam entre os próximos dias 13 e 15 de junho o Seminário Brasil-Europa de Prevenção da Corrupção. O evento vai discutir as boas práticas relacionadas à gestão da ética, à promoção da transparência pública, ao controle social, à integridade pública e a outras experiências de sucesso na prevenção da corrupção.

O seminário, que contará com a presença de especialistas brasileiros e europeus, faz parte do Projeto EuroBrasil 2000 - Apoio à Modernização do Aparelho de Estado, que é resultado de um acordo de cooperação técnica firmado entre o Brasil e a União Européia. O objetivo do projeto é auxiliar o governo brasileiro nos seus esforços de modernização e reforma da Administração Pública.

Entre os convidados estão Fredrik Eriksson, Jean Cartier-Bresson e Georgi Rupchev, todos especialistas europeus em combate à corrupção. Fredrik Eriksson discorrerá sobre promoção da ética e estratégias de promoção da transparência pública; Cartier-Bresson, sobre o exercício do controle social e boa governança. Já Rupchev falará sobre cooperação internacional no combate à corrupção e articulação dos governos nacional e local contra a corrupção.

O seminário será em Brasília, no auditório da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), na Avenida W-5 Sul, quadra 902, bloco C. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site da Enap (www.enap.gov.br), link Projeto EuroBrasil 2000.

Breve perfil dos especialistas

Fredrik Eriksson é mestre em direito pelo Instituto Raoul Wallenberg da Suécia, advogado especialista em direito administrativo e licitações públicas e diretor da ONG Impact –Integrity Management and Programmes for Accountability and Transparency (Gestão da Integridade e Programas para a Responsabilidade e Transparência).

Jean Cartier-Bresson é doutor em economia pela Universidade de Paris XIII, professor de economia pública e de economia do desenvolvimento na Universidade de Versailles e membro do Centro de Economia e Ética para o Ambiente e o Desenvolvimento na mesma universidade.

Georgi Rupchev é mestre em direito pela Universidade de Sofia, Bulgária, e em Direito Internacional pela Universidade Estatal de Moscou de Relações Internacionais. É diretor de Cooperação Internacional e Integração Européia do Ministério da Justiça da República da Bulgária e membro do Grupo de Estados Contra a Corrupção (Greco) do Conselho da Europa.

Coletiva apresenta especialistas europeus

Uma coletiva de imprensa será realizada na próxima terça-feira, dia 12 de junho, às 10h30, na sede da Delegação da Comissão Européia – SHIS QI 07 Bloco A, Lago Sul, Brasília.

Na coletiva – que ocorrerá na véspera da abertura do Seminário Brasil-Europa de Prevenção da Corrupção – os especialistas europeus e as autoridades brasileiras farão uma apreciação sobre as tendências internacionais contemporâneas e as ações adotadas pelo governo brasileiro no campo do combate à corrupção e da promoção da transparência pública.

Estarão presentes o ministro do Controle e da Transparência, Jorge Hage, o embaixador chefe da Delegação da Comissão Européia, João Pacheco, o Diretor Nacional do Projeto EuroBrasil, Ruben Bauer, e os peritos europeus especialistas em combate à corrupção Fredrik Eriksson, Jean Cartier-Bresson e Georgi Rupchev.

ATENÇÃO: Por tratar-se de sede de representação diplomática, é indispensável a confirmação de presença até o dia 11/06/2007, às 18h, e chegada com antecedência ao local. O contatos para deverão ser feitos com a Assessoria de Imprensa da Controladoria-Geral da União pelos telefones (61) 3412-6740 / 3412-6850 / 3412-7271 ou por email pelo endereço imprensacgu@cgu.gov.br