Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Seminário discute Inovação Tecnológica na Reunião do BID

Seminário discute Inovação Tecnológica na Reunião do BID

publicado:  30/03/2006 06h00, última modificação:  02/06/2015 16h21

Brasília, 30/3/2006 - "A discussão sobre inovação tecnológica e competitividade é essencial para o desenvolvimento dos países da América Latina". A afirmação foi feita pelo secretário de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, José Carlos Rocha Miranda ao iniciar os trabalhos do seminário Inovação Tecnológica e Competitividade que abriu a 47ª Reunião Anual da Assembléia de Governadores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), realizado na quarta-feira (29) e que acontece em Belo Horizonte até 5 de abril.

Secretário destaca importância do debate sobre inovação tecnológica
Foto: Antonio Cunha/Divulgação

Miranda sublinhou que o agronegócio é uma das áreas de excelência do Brasil nessa área. Ele atribuiu essa posição de destaque ao desenvolvimento tecnológico e ao oferecimento de linhas de financiamento específicas para os produtores rurais. Nesse sentido, destacou o papel da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a competitividade e a produtividade da indústria de máquinas agrícolas no país.

O Seminário de Inovação Tecnológica e Competitividade promoveu painéis sobre os temas "Agrupamentos de inovação: uma plataforma para a competitividade regional?"; "Estratégias para o desenvolvimento de sociedades da informação"; e "Inovação para um desenvolvimento produtivo". Temas que, segundo o secretário, estão na pauta no desenvolvimento futuro do Brasil e da América Latina.

Miranda salientou os avanços na área de desenvolvimento da sociedade da informação realizados pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento como é o caso do pregão eletrônico. Essa é uma das tecnologias brasileiras em destaque na Exposição "Espaço Brasil" na Reunião do BID, organizada pelo Governo Brasileiro.

Na manhã de quarta-feira, o Seminário de Inovação Tecnológica apresentou experiências brasileiras e de outros países no desenvolvimento de arranjos produtivos locais.

Falaram sobre esse tema especialistas como o vice-presidente Executivo da Corporação de Fomento à Produção do Chile (Corfo), Carlos Alvarez; o diretor técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Luiz Carlos Barboza; o professor da Universidade Ca′ Foscari de Veneza, na Itália, Mario Volpe; o coordenador geral do Fórum de Competitividade do Ministério da Economia Argentina, Alberto Briozzo; e o representante do BID, Arlindo Villaschi.

Participaram ainda do seminário outros painelistas do governo brasileiro, da América Latina e de países como França e Canadá. O evento foi encerrado pelo presidente do BID, Luiz Alberto Moreno.