Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Secretarias de Patrimônio da União e Orçamento Federal se engajam no combate ao Aedes

Notícias

Secretarias de Patrimônio da União e Orçamento Federal se engajam no combate ao Aedes

Prédios públicos da União desocupados serão vistoriados por servidores

publicado:  03/02/2016 22h04, última modificação:  03/02/2016 22h09
Exibir carrossel de imagens O secretário da SPU, Guilherme Estrada Rodrigues vistoria o Edifício Siderbrás.

O secretário da SPU, Guilherme Estrada Rodrigues vistoria o Edifício Siderbrás.


A Secretaria do Patrimônio da União do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) está acompanhando de perto a vistoria realizada nos imóveis da União para verificar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti e eliminá-los. Hoje (3) o secretário da pasta, Guilherme Estrada Rodrigues, acompanhou uma vistoria no Edifício Siderbrás, na região central do Distrito Federal, juntamente com a superintendente do Patrimônio da União no DF, Valéria Soares, e com a coordenadora-geral de Recursos Logísticos da Controladoria-Geral da União (CGU), Lorena Pompeu. A CGU ocupa dois andares do edifício e os demais estão desocupados.
 
“Precisamos ter especial atenção com os imóveis vagos e vistoriar todos os cantos das edificações onde possa haver acúmulo de águas pluviais, como as instalações de ar condicionado”, ressaltou Estrada. As superintendências da SPU nos estados também foram orientadas a intensificarem as estratégias para realizar vistorias dos imóveis da União desocupados em articulação com os órgãos locais de vigilância em saúde. Medidas como a vedação dos vasos sanitários em desuso e a desinfecção dos ralos estão em curso para evitar a proliferação do vetor das doenças Dengue, Zika e Chukungunya.
 
Ainda dentro da agenda de enfretamento ao Aedes, na manhã de hoje, a coordenadora-geral do Programa de Combate à Dengue do Ministério da Saúde, Tatiana Azara, palestrou, por videoconferência, aos servidores da SPU nos estados e no DF, sobre como identificar e eliminar focos do mosquito.
 
Participação da SOF
 
A Secretaria de Orçamento Federal (SOF) do MP também aderiu às ações de combate ao Aedes aegypti em suas instalações. Desde a última sexta-feira (29), quando foi lançada a campanha do mutirão, a SOF intensificou as ações de vistoria e limpeza das instalações prediais, principalmente dos locais mais propícios à reprodução do mosquito vetor das doenças Dengue, Zika e Chikungunya.
 
Houve colocação de brita na base do tanque de combustível (gerador estacionamento térreo) e nas caixas de inspeções SPDA (garagem); inspeção nas caixas de água potável e de reposição do sistema ar condicionado; inspeção nos ralos dos banheiros com substituição em unidades que estavam defeituosas; verificação dos vasos de plantas naturais para colocação de areia grossa nos respectivos pratos; verificação das tampas das caixas de águas pluviais; e verificação das tampas caixas de água potável (terraço).
 
Houve ainda limpeza das calhas e laje (terraço); limpeza das galerias de águas pluviais na garagem; verificação geral no edifício de pontos de retenções de água; limpeza das canaletas na casa de máquinas; inspeção em refrigeradores e geladeiras; limpeza dos drenos dos aparelhos de ar condicionado do tipo ‘split’.
 
Além das ações na SPU e SOF, a Diretoria de Administração (Dirad) do MP continuou a limpeza de edificações. Hoje foi a vez do depósito do órgão, localizado no Setor de Indústrias Gráficas (SIG) e da finalização das podas de plantas no Bloco C da esplanada, iniciada ontem.