Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Portal oferece informações sobre contratações em tecnologia da informação

Portal oferece informações sobre contratações em tecnologia da informação

publicado:  13/09/2006 06h00, última modificação:  02/06/2015 16h21

Brasília, 13/9/2006 - O administrador público interessado em adquirir bens e serviços na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) tem disponível a partir de agora no portal de Compras Públicas do Governo Federal - Comprasnet - o Portal de Tecnologia da Informação e Comunicação, uma poderosa ferramenta para auxiliar na tomada de decisões nessa área.

A página, elaborada pela A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI), contém legislação específica, acórdãos do Tribunal de Contas da União (TCU), orientações, melhores práticas e especificações que padronizam a aquisição de bens e serviços e, inclusive, as especificações de referência para a aquisição de microcomputadores, em suas versões básica, padrão e avançada.

O portal possibilita, ainda, consultas especializadas à base de dados do Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais (Siasg) para obter informações de licitações, contratos e preços praticados nas aquisições de bens e nas contratações de serviços de TIC pelos órgãos públicos.

O acesso ao Portal de TIC é efetuado através do banner situado na página inicial do Comprasnet - http://www.comprasnet.gov.br -. O seu objetivo é apoiar os gestores da Administração Pública Federal nas aquisições e contratações de bens e serviços na área de tecnologia da informação.

Especificações para aquisição de Notebooks

A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento também está realizando estudos para elaboração de especificações padrão para notebooks e, futuramente, vai definir especificações para outros bens de informática como servidores de rede e impressoras.

A iniciativa visa facilitar o processo de compra de computadores, melhorar a qualidade dos equipamentos adquiridos pelos órgãos públicos, racionalizar o uso dos recursos públicos, obter ganhos de escala e evitar falhas nos editais.

Assim que concluídos os estudos, os documentos também serão disponibilizadas no portal de TIC.