Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Planejamento cede terreno para construção da missão diplomática de Angola

Notícias

Planejamento cede terreno para construção da missão diplomática de Angola

País africano terá dois anos para construir e instalar a nova sede no Brasil
publicado:  16/05/2017 16h51, última modificação:  16/05/2017 16h51

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, por meio de sua Secretaria do Patrimônio da União (SPU/MP) assinou nesta terça-feira (16), contrato de cessão de uso de um lote que abrigará a Embaixada de Angola em Brasília. O terreno, localizado no lote 37 do Setor de Embaixadas Sul, tem 25 mil metros quadrados.

O contrato foi assinado pelo secretário da SPU, Sidrack Correia, e pelo embaixador de Angola, Nelson Manuel Cosme. Sidrack afirmou que a cessão do terreno é mais uma parceria importante entre Brasil e Angola e reforça os laços existentes entre as duas nações.

O embaixador de Angola comemorou a cessão do terreno. “Estamos fortalecendo as relações entre Angola e Brasil. Agora vamos para a próxima etapa que inclui a elaboração do projeto e construção da nossa nova sede”, afirmou Nelson Cosme.

A República de Angola terá dois anos para construir e instalar a nova sede da sua missão diplomática no Brasil.