Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministro abre Seminário, no Ipea, sobre redução da desigualdade e da pobreza

Ministro abre Seminário, no Ipea, sobre redução da desigualdade e da pobreza

publicado:  29/11/2006 04h00, última modificação:  02/06/2015 16h21

Brasília, 29/11/2006 - O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, participa amanhã, às 9h, no auditório do Ipea, da abertura do Seminário Internacional "O Desafio da Redução da Desigualdade e da Pobreza".

O seminário que tem o intuito de discutir o futuro das políticas sociais, especialmente a do Brasil, está sendo organizado pelo Ipea, com o apoio do Department of International Development (DFID), do Reino Unido.

Participam especialistas da Argentina, Chile, Colômbia e México e também representantes do governo brasileiro responsáveis por algumas das áreas cujas políticas têm impactos diretos na redução da pobreza, como Desenvolvimento Social, Trabalho, Previdência e Educação.

O Futuro dos programas sociais

De 2001 a 2004, a desigualdade de renda familiar per capita no Brasil caiu de forma contínua e substancial, alcançando seu menor nível nos últimos 30 anos. Além de ser um resultado importante por si só, essa desconcentração levou a uma expressiva redução da pobreza e da extrema pobreza.

Diversos fatores contribuíram para esta queda, especialmente os programas de transferência de renda, como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada. Esses programas foram responsáveis por 28% da redução da queda na desigualdade medida pelo coeficiente de Gini.

Apesar do papel visível e empiricamente importante na redução da desigualdade dos programas de transferência de renda, também contribuíram de forma decisiva políticas relacionadas ao mercado de trabalho, como o salário mínimo, relacionadas ao processo educacional e à inclusão previdenciária.

No entanto, há alguns sinais preocupantes. Primeiro, é possível que o ritmo de queda esteja diminuindo. Segundo, e mais preocupante, não é possível, por razões fiscais, repetir indefinidamente a estratégia que deu tão certo nos últimos quatro anos. Por isso chegou a hora de discutir quais as melhores políticas para a redução da desigualdade e pobreza nos próximos anos.

A preocupação com a desigualdade não foi fenômeno exclusivo do Brasil. Esta é uma discussão presente em outros países latino-americanos, alguns dos quais experimentaram reduções e outros, aumentos, no nível de desigualdade.

Entre as diversas experiências, selecionamos aquelas de países que mais se assemelham ao Brasil para discutir os desafios que nos confrontam na redução da desigualdade e pobreza: Argentina, Chile, Colômbia e México.

O desafio maior desses países é fazer com que as políticas sociais continuem a gerar resultados, tornando o gasto público social mais eficiente, eficaz na redução da pobreza e da desigualdade e também sustentável.

Seminário Internacional "O Desafio da Redução da Desigualdade e da Pobreza"

Data: 30/11/2006 e 01/12/2006

Horário: 8h30 às 18h30 e das 9h às 12h

Local: Auditório do Ipea Brasília, SBS - Quadra 1 - Bloco J - Ed. BNDES,

cep: 70076-900 - Brasília - DF - Brasil

Confirmação de presença e ficha de inscrição: ver convite em http://www.ipea.gov.br

Mais informações e agendamento de entrevistas com os palestrantes:

Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) – Assessoria de Imprensa

Giovana Tiziani - tel: (61) 3315-5216 - giovana.tiziani@ipea.gov.br

Marina Nery - tel: (61) 3315-5216 - marina.nery@ipea.gov.br

Sérgio Brandão - tel: (21) 3515-8578 - comunicario@ipea.gov.br

Programação

Dia 30 de novembro de 2006

8:30 Inscrições

9:00 Sessão de Abertura

Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, Ministro da Educação, Fernando Haddad, Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias de Sousa, Ministro da Previdência e Assistência Social, Nelson Machado, Ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, Embaixador do Reino Unido, Peter Collecot Presidente do Ipea, Luiz Henrique Proença Soares, e Diretora do Escritório do DFID no Brasil, Miranda Munro.

9:45 Coffee Break

10:00 Políticas Sociais no Brasil nos Últimos Quatro Anos

Sergei Soares, Pesquisador da Diretoria de Estudos Sociais do Ipea e Coordenador da edição de 2007 da publicação "Brasil: estado de uma nação", que terá como foco as desigualdades no Brasil.

10:30 Recente Redução da Desigualdade e da Pobreza no Brasil

Ricardo de Paes e Barros, Pesquisador da Diretoria de Estudos Macroeconômicos do IPEA e Coordenador da publicação "A Recente Queda da Desigualdade de Renda no Brasil".

11:00 Debate

12:00 Almoço

14:30 Políticas Sociais e Redução da Desigualdade

Coordenador: Rômulo Paes de Souza, Secretário de Avaliação e Gestão da Informação do Ministério do Desenvolvimento Social

Caso da Argentina - Leopoldo Tornarolli, Pesquisador do "Centro de Estúdios Distributivos, Laborales y Sociales" (CEDLAS), Argentina

Caso do Chile - Dante Contreras, Pesquisador chileno da Faculdad de Economia y Negócios (FACEA), Universidade do Chile

16:15 Coffee Break

16:30 Caso do México - Fernando Cortés, Pesquisador do El Colegio de México.

Caso da Colômbia - Adriana Rodrigues Castíllo, do Centro de Investigaciones para el Desarrollo - CID, Universidade Nacional da Colômbia

17:30 Debate

Dia 01 de dezembro de 2006

9:00 Mesa Redonda: Desafios da Política de Combate a Pobreza e a Desigualdade

Coordenadora: Anna Peliano, Diretora de Estudos Sociais do Ipea

Palestrantes:

Márcia Lopes, Secretária Executiva do MDS

Marco Antônio de Oliveira, Secretário Executivo do Ministério do Trabalho e Emprego

Helmut Schwarzer, Secretário de Políticas de Previdência Social, MPAS

Reynaldo Fernandes, Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), MEC.

10:30 Coffee Break

10:45 Debatedores:

Leopoldo Tornarolli, Argentina.

Dante Contreras, Chile.

Adriana Rodríguez, Colômbia.

Fernando Cortés, México.

12:00 Encerramento

Luiz Henrique Proença Soares, Presidente do IPEA e Miranda Munro, Diretora do Escritório do DFID no Brasil.