Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Meta do MCMV é de 2 milhões de moradias

Meta do MCMV é de 2 milhões de moradias

publicado:  28/02/2011 23h59, última modificação:  02/06/2015 19h21

 Brasília, 28/2/2011- A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, realizou nesta segunda-feira a primeira reunião regular do programa Minha Casa, Minha Vida, com representantes das maiores empresas do ramo da construção civil e da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). No encontro, a ministra apresentou balanço do programa, discutiu as demandas apresentadas pelos empresários 

Sobre o MCMV a ministra lembrou que a nova meta do programa, é dobrar o número da construção de casas para atingir os dois milhões de moradias. No balanço do programa a ministra relembrou que já foram contratados mais de um milhão de moradias, segundo dados apresentados pela Caixa.  Desse total, 57% foram contratos feitos por famílias com renda mensal de até R$ 1.395, sendo via financiamento ou Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Ainda com relação aos dados, os municípios com mais de 100 mil habitantes, onde o déficit habitacional é maior, representam 74% dos contratos. Prioridade no programa, mulheres chefes de famílias, formalizaram 94% das assinaturas de contrato e 10% das moradias possuem sistema de abastecimento solar, atingindo as expectativas dessa primeira etapa.

Presente também na reunião, o secretário-executivo do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate À Fome (MDS), Rômulo Paes, falou da importância de uma agenda de integração entre as empresas da construção civil e o Programa de Erradicação À Pobreza Extrema. O Programa tem como meta a redução dos índices de pobreza no País, e a parceria pública- privada auxilia no desenvolvimento à medida que gera oportunidades de emprego nas indústrias que participam do PAC e do MCMV.

O ministro das Cidades, Mário Negromonte, a presidenta interina da Caixa Econômica Federal, Clarice Coppeti e o vice-presidente, Jorge Hereda, participaram da reunião.