Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo quer garantir continuidade dos investimentos, diz Bernardo

Governo quer garantir continuidade dos investimentos, diz Bernardo

publicado:  13/10/2008 18h57, última modificação:  02/06/2015 19h21

Brasília, 13/10/2008 -

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, reafirmou nesta segunda-feira, 13.10, a disposição do governo de garantir ao máximo a continuidade dos investimentos no Brasil, sejam públicos ou privados.


Bernardo garantiu os projetos do Programa de Aceleração do Crescimento, entretanto, destacou,  a crise financeira global tem um componente preocupante que é a crise de confiança que dificulta o crédito e prejudica o investimento. “Alguns poderão ter dificuldade de se realizar, destacou, e acrescentou que o governo tem  “uma orientação clara do Presidente Lula de que o BNDES, Caixa Econômica e Banco do Brasil continuem fazendo os empréstimos para financiar esses investimentos e se o governo tiver condição de financiar alguma outra coisa que a rede privada por conta desta crise de confiança tenha dificuldade, vamos fazê-lo.

Novas medidas

 

Sobre as medidas anunciadas hoje por vários países para combater a crise geral de desconfiança nos mercados, Bernardo disse que aos poucos, com o restabelecimento da confiança, os bancos irão retomando suas operações e, uma vez que a economia real, o comércio, a indústria, o setor de serviços foram menos afetados, será possível sair desta crise com pouca diminuição da atividade econômica.


Segundo o ministro do Planejamento, o Brasil, até o mês de setembro, não tinha sofrido praticamente nenhum efeito apesar da crise ter começado em junho de 2007. “O país até então tinha conseguido se manter ileso até as grandes oscilações da bolsa e a questão cambial. E acrescentou que se, a partir das medidas tomadas pelos EUA e Europa, a crise começar a amainar, “aqui teremos o efeito muito mais rápido.