Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo edita MP para cumprir acordos firmados com servidores este ano

Notícias

Governo edita MP para cumprir acordos firmados com servidores este ano

Impacto orçamentário já está contemplado no Orçamento para 2017, aprovado pelo Congresso nesta quinta (15)

publicado:  29/12/2016 22h07, última modificação:  29/12/2016 22h07

O Governo publicará, nesta sexta-feira, Medida Provisória com reajustes para 8 categorias de servidores federais decorrentes de acordos salariais assinados até maio. Os reajustes estavam previstos para entrar em vigor a partir de agosto, mas o governo aguardou até este momento para garantir o cumprimento da meta fiscal. Os reajustes são parcelados até 2019.

Mesmo com o reajuste, as despesas com pessoal permanecem estáveis em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), apresentando, inclusive, uma queda expressiva de 4,6% do PIB em 2009 para 4,1% na estimativa para 2017. Em 2018, o estimado é que despesas com pessoal represente 4,1% do PIB.

A medida contempla oito carreiras que terão reajustes a partir de janeiro de 2017: auditoria-fiscal da Receita Federal; auditoria-fiscal do Trabalho; perito médico previdenciário; carreira de infraestrutura; diplomata; oficial de chancelaria; assistente de chancelaria; e policial civil dos ex-territórios.

Os acordos foram firmados este ano, entre fevereiro e maio. O governo optou pela edição de Medida Provisória, pois não há mais tempo hábil, em 2016, para que o Congresso Nacional aprove os projetos de lei antes da data prevista para o início dos efeitos financeiros pactuados.

O Projeto de Lei Orçamentária Anual para 2017 (PLOA 2017), enviado ao Congresso Nacional em agosto passado, já contempla previsão dessas despesas. O impacto estimado para 2017 desses reajustes é de R$ 3,8 bilhões. O impacto acumulado dos reajuste para o período de 2016-2019 é de R$ 11,2 bilhões.

Com a publicação desta Medida Provisória, completa-se o ciclo de revisões salariais de todas as categorias do Governo Federal.

CARREIRAS CUJOS REAJUSTES JÁ FORAM AUTORIZADOS EM 2016

Lei 13.371, de 14/12/2016
DNIT; Incra - Perito Federal Agrário; Analista Políticas Sociais; Polícia Federal - Delegado e Perito; Polícia Federal - Agente, Escrivão e Papiloscopista; Polícia Rodoviária Federal.

Lei nº 13.324, de 31/08/16 (PL nº 4.250, de 2015 - PLC 33, DE 2016):
PGPE; PST; Ministério da Fazenda – Plano Especial de Cargos; Polícia Rodoviária Federal – Plano Especial de Cargos; Embratur; Quadro da Imprensa Nacional; Quadro de Pessoal da Tecnologia Militar; PCC do Ex-Territorio de Rondônia; Previdenciária; Seguridade; Funai; Quadro de Pessoal do HFA; Anistiados; Meio Ambiente/IBAMA/ICMBio; Fiscais agropecuários-MAPA; Ciência&Tecnologia; Instituto Evandro Chagas e Centro Nacional de Primatas; INSS-Seguro Social; DNPM; Cargos Específicos (Engenheiros e outros); Tecnologia Militar – Carreira; HFA - Emprego Público; Endemias - Emprego Público; Endemias - Quadro em Extinção; DACTA; Técnico Federal Agropecuário (MAPA-Apoio); ABIN (demais cargos)

Lei nº 13.325, de 29/07/16 (PL nº 4.251, de 2015 - PLC 34, DE 2016):
Docentes; Técnicos Administrativos das IFES; INEP; FNDE.

Lei nº 13.321, DE 27/07/16 - (PL Nº 4.255, de 2015 - PLC 37, DE 2016)
Militares

Lei Nº 13.326, DE 29/07/16 (PL Nº 4.252, de 2015 - PLC 35, DE 2016)
Ministério da Cultura - Plano Especial de Cargos; Incra; Fiocruz; Inmetro; INPI
Agências Reguladoras; Quadro da AGU.

Lei nº 13.328, de 29/07/16 (PL nº 4.253, de 2015 - PLC 38, DE 2016)
Suframa; Tribunal Marítimo;
Policia Militar Ex-território ; Cargos Comissionados.

Lei nº 13.327, DE 29/07/16 (PL Nº 4.254, DE 2015 - PLC 36, DE 2016)
Jurídico; Grupo Gestão; Bacen; CVM e Susep; IPEA; Grupo P-1500;
Carreira Penitenciária Federal; Polícia Federal - Plano Especial de Cargos;
IBGE; Previc.