Você está aqui: Página Inicial > Releases > Governo divulga boletim trimestral de custeio administrativo

Notícias

Governo divulga boletim trimestral de custeio administrativo

Despesas totalizaram R$ 3,3 bilhões de janeiro a março de 2018. Houve redução real em três das oito categorias de custeio
publicado:  27/04/2018 15h00, última modificação:  27/04/2018 15h00

As despesas de custeio administrativo do governo federal no primeiro trimestre de 2018 totalizaram R$ 3,3 bilhões. Para orientar a implementação de medidas de gestão que possibilitem a redução de despesas, esses dispêndios com custeio foram agrupados em oito categorias mais representativas*, relativas ao apoio administrativo, energia elétrica, água, telefone, pessoal de apoio, entre outros. Confira o Boletim de Custeio Administrativo de Março.

Das oito categorias agrupadas, houve redução de gastos em três delas, numa comparação com o primeiro trimestre de 2017, possibilitando diminuição de despesas da ordem de R$ 165,5 milhões. Os cortes ocorreram nas despesas de Diárias e Passagens (diminuição de 8,2% em termos reais, ou seja, descontando a inflação), Gastos com Comunicação e Processamento de Dados (diminuição de 50,9% em termos reais) e Locação e Conservação de Bens Imóveis (diminuição de 2,3% em termos reais).

Já na categoria “Serviços de Apoio”, responsável por 52% do total de despesas de custeio neste primeiro trimestre, houve aumento de 4,4% em termos reais, puxando a elevação das despesas gerais em 2,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Boletim

Buscando garantir transparência e ampla divulgação à composição das despesas com o funcionamento da Administração Pública Federal, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão publica hoje a 12ª edição do Boletim de Despesas de Custeio Administrativo.

De acordo com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, os dados demonstram o comprometimento do governo com o controle dos gastos e a eficiência da gestão, realizando cortes sem prejudicar a prestação de serviços.

* As categorias mais representativas são: 1 - serviços de apoio, 2 - material de consumo, 3 - comunicação e processamento de dados, 4 - locação e conservação de bens imóveis, 5 - energia elétrica e água, 6 - locação e conservação de bens móveis, 7 - diárias e passagens e 8 - outros serviços.