Você está aqui: Página Inicial > Notícias > FórumSpoa discute políticas para as mulheres no serviço público

FórumSpoa discute políticas para as mulheres no serviço público

publicado:  24/06/2010 19h30, última modificação:  02/06/2015 19h21

Brasília, 24/6/2010 – O Fórum dos Subsecretários de Planejamento, Orçamento e Administração (spoas) dos ministérios do Governo Federal se reuniu na manhã desta quinta-feira no Ministério do Planejamento. Os spoas discutiram ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida e do trabalho das servidoras federais.

Na abertura do encontro, Ulysses Melo, ressaltou a importância do fórum,  realizado mensalmente, que para ele é uma oportunidade para discutir os assuntos do cotidiano da administração interna dos ministérios.

 
Foto: Ilkens Souza/ Divulgação

A subsecretária de Planejamento da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Lourdes Bandeira, apresentou o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres. O plano foi elaborado com o objetivo de implementar ações que promovam a igualdade de gêneros dentro e fora do serviço público.

Outro assunto tratado no fórum foi o projeto-piloto de criação de salas de apoio à amamentação no ambiente de trabalho. Uma das representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no fórum, Regina Barcellos, apresentou a experiência implementada em um dos prédios do órgão.

Segundo Regina, as especificações para instalação das salas de apoio à amamentação são normatizadas por portaria da Anvisa, editada em fevereiro deste ano. O documento traz informações que auxiliam na criação e manutenção desses espaços, que apesar de não serem obrigatórios, segundo ela, podem aumentar a produtividade das trabalhadoras.

“A servidora não vai levar a criança para o ambiente de trabalho. Na verdade, ela vai utilizar a sala para fazer a retirada do leite das mamas, em condições especiais de ambientação, higiene e privacidade, além de poder estocar o material em um freezer. O leite retirado poderá ser usado posteriormente para alimentação da criança ou doação a um banco de leite, explica Regina.