Você está aqui: Página Inicial > Releases > Espanhóis devem aproveitar melhora da economia brasileira para novos investimentos no País, diz Dyogo Oliveira

Notícias

Espanhóis devem aproveitar melhora da economia brasileira para novos investimentos no País, diz Dyogo Oliveira

Ministro faz palestra e reuniões com investidores espanhóis, em Madri
publicado:  06/11/2017 12h06, última modificação:  06/11/2017 17h04

  

"Estamos começando um grande ciclo de crescimento no Brasil e se querem tomar parte, vocês têm que vir ao Brasil", disse o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, para uma platéia de empresários espanhóis durante palestra na Embaixada do Brasil, em Madri, hoje (06/11). 

Fazem parte da comitiva do ministro o Secretário de Assuntos Internacionais do Ministério, Jorge Arabache, e o Secretário de Desenvolvimento e Infraestrutura, Hailton Madureira.

O ministro traçou um panorama da recuperação econômica com dados macroeconômicos e as oportunidades de investimento no Brasil mostrando a carteira do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Destacou que o País está criando as bases para o desenvolvimento além de ter adotado uma estratégia de política econômica que teve êxito. A inflação projetada para 2017 deve ficar ao redor de 3%, acrescentou, o que permite um processo de queda da taxa de juros. 

Dyogo reforçou que a economia brasileira tem capacidade para crescer de 3% a 3,5%, sem pressāo inflacionária. Projeções do mercado apontam para um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,7% esse ano e 2,5% em 2018.  "Estamos pouco a pouco reduzindo o grau de risco no Brasil", disse. Esse cenário cria um bom espaço para o desenvolvimento do crédito no País. 

PPI

Dyogo enfatizou que a carteira de concessões e privatizações inclui 89 projetos com previsão de investimentos de R$ 104 bilhões. Serão concedidas 8 estradas, 8 ferrovias, 4 áreas de exploração mineral, 25 terminais portuários, a venda de participação em 17 aeroportos, entre tantos outros. 

"O Brasil está avançando concretamente e estamos cumprindo o que prometemos de cronograma de leilões de infraestrutura", disse.

Eletrobras 

Dyogo explicou aos empresários que o Governo quer fazer da Eletrobras uma grande empresa mundial de energia e que para isso, venderá boa parte da sua fatia na empresa em uma oferta de ações na bolsa, em 2018, e se possível, ainda no primeiro semestre. 

"Estamos muito comprometidos com este processo. Criaremos uma empresa de classe mundial como fizemos com a Vale e a Embraer", disse. "Neste momento a empresa precisa de investimentos para crescer. O processo da Eletrobras está em curso e os detalhes sairão em breve em Medida Provisória", disse o ministro.

O embaixador do Brasil na Espanha, Antonio Simões, acrescentou que o Governo do presidente Temer está pronto para uma terceira onda de investimentos espanhóis no Brasil. Segundo Antonio Simões, as duas ondas anteriores foram na década de 90 e durante a última crise de 2008. 

Além da palestra, o ministro terá diversas reuniões bilaterais com empresários espanhóis do setor de energia, ferrovias, rodovias e aeroportuária. Depois, ele segue para encontros com empresários italianos em Roma nesta terça-feira. 

Veja a apresentação do ministro para empresários espanhóis aqui