Você está aqui: Página Inicial > Releases > Dyogo Oliveira é confirmado no cargo de ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão

Notícias

Dyogo Oliveira é confirmado no cargo de ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão

GOVERNO

Nomeação foi anunciada pelo Palácio do Planalto e será publicada no Diário Oficial da União
publicado:  31/03/2017 21h16, última modificação:  31/03/2017 22h05

O Palácio do Planalto confirmou, nesta sexta-feira (31), que Dyogo Oliveira está efetivado no cargo de ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, encerrando a interinidade. O ato normativo com a nomeação será publicado no Diário Oficial da União. 

Em nota o presidente Michel Temer agradece a dedicação do Ministro e espera que ele "mantenha seu empenho na busca dos objetivos do governo rumo ao progresso do país".

Dyogo Henrique de Oliveira, natural de Araguaína (TO), é economista, mestre em Ciências Econômicas pela Universidade de Brasília (UnB) e servidor público da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental desde 1998. Também é especialista em Comércio Exterior, Negociações Internacionais e Câmbio pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
 
De 2000 a 2005, Dyogo desempenhou diversas atividades na Secretaria de Tecnologia Industrial do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. De 2006 a 2007, foi coordenador-geral de Análise Setorial, inicialmente, na Secretaria de Acompanhamento Econômico e, posteriormente, na Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda.
 
De 2008 a 2011, Oliveira atuou como secretário-adjunto na Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda.  Em seguida, de 2011 a 2014, ainda na Fazenda, ocupou os cargos de secretário-executivo adjunto e secretário-executivo interino. Foi nomeado, em janeiro de 2015, como secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. De janeiro de 2016 até maio, atuou como secretário-executivo do Ministério da Fazenda. Estava como ministro interino do MP desde maio de 2016. 

O Ministro já confirmou Esteves Colnago Jr. como secretário-executivo do MP. Colgano é economista, mestre em Ciências Econômicas pela Universidade de Brasília (UnB) e funcionário do Banco Central desde 1998.