Você está aqui: Página Inicial > Notícias > “Crescimento do PIB é fruto das políticas do governo”, diz Paulo Bernardo

“Crescimento do PIB é fruto das políticas do governo”, diz Paulo Bernardo

publicado:  08/06/2010 14h48, última modificação:  02/06/2015 19h21

Brasília, 8/6/2010 - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo afirmou que o crescimento do PIB, de 2,7% anunciado hoje pelo IBGE, é resultado da estratégia de crescimento adotada pelo Governo Federal. “Foi um Pibão! A economia já estava pronta para crescer e o resultado é fruto das políticas de governo, comemorou o ministro.

Entre os setores cujo crescimento foi destacado estão o da construção civil e o da indústria, principalmente na área de bens de capital. “Esses resultados foram influenciados por políticas como a desoneração de bens de capital e financiamentos para a indústria como o PSI. Isso deu uma resposta extraordinária, ressaltou.

Paulo Bernardo acrescentou ainda, como medidas que contribuíram para o desempenho extraordinário da economia, o aprofundamento das desonerações, caso dos materiais de construção, e o aumento do crédito.

Sobre a possibilidade de um crescimento exagerado da economia, o ministro afirmou que o governo não quer travar o crescimento, mas ter um crescimento sustentável. “O que o governo almeja é que tenhamos um crescimento na casa dos 5%, mas para este ano teremos que refazer as contas para 6%, está difícil dar hoje menos que 6%, completou.

O ministro do Planejamento disse, entretanto, que mesmo com a boa notícia, o governo está alerta. “Temos que tomar todo o cuidado porque a crise no mercado internacional ainda não acabou. Mas temos a confiança dos agentes econômicos. O retorno dos investimentos está muito forte finalizou Bernardo.