Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Bernardo autoriza concurso para a ANS

Bernardo autoriza concurso para a ANS

publicado:  06/10/2006 06h00, última modificação:  02/06/2015 16h21

Brasília, 6/10/2006 - O ministro Paulo Bernardo autorizou concurso público para 129 cargos do quadro de pessoal da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), vinculada ao Ministério da Saúde, com vagas para os níveis superior e médio de escolaridade. A autorização do Ministério do Planejamento está publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, 06.10.

Conforme a Portaria nº 303, o concurso abrirá 50 vagas para Técnico em Regulação de Saúde Suplementar, de nível médio, e 79 vagas para Especialista em Regulação de Saúde Suplementar, de nível superior. As vagas para o cargo de especialista serão distribuídas entre candidatos de qualquer formação de nível superior e candidatos com formação específica.

O candidato de qualquer formação superior poderá disputar uma das 15 vagas, para lotação no Rio de Janeiro (nove) e São Paulo (seis). Já os candidatos formados em Administração, Ciências Contábeis e Economia poderão concorrer a um total de 14 vagas, sendo 11 para o Rio de Janeiro, uma para São Paulo, uma para Ribeirão Preto, no interior paulista e uma vaga para a unidade da ANS em Cuiabá/MT.

Na especialidade Estatística, a Portaria prevê apenas oito vagas para especialista no Rio de Janeiro. Para quem é formado em Direito e desejar fazer o concurso para especialista da ANS serão oferecidas 29 vagas, sendo 21 delas para o Rio de Janeiro, três vagas para São Paulo, duas para Ribeirão Preto e duas para Cuiabá.

Os candidatos com formação superior em Enfermagem terão que disputar o total de duas vagas, uma em Pernambuco e uma no Rio de Janeiro. Para os médicos que forem concorrer ao cargo de especialista a disponibilidade é de 10 vagas. Estas serão distribuídas uma para o Pará, uma para Pernambuco, uma para o Paraná, quatro para o Rio de Janeiro, uma para o Rio Grande do Sul, uma para Ribeirão Preto e uma para Cuiabá. Quem concorrer pela especialidade Odontologia concorrerá a uma vaga para Ribeirão Preto.

Diferente do cargo de Especialista, direcionado para unidades da ANS que têm carência de servidores, as vagas para técnico em Regulação não têm restrição de localidade. Outros detalhes sobre as vagas autorizadas pelo Ministério do Planejamento serão divulgados no edital de abertura do concurso, ao qual deverá ser dada ampla divulgação pela ANS.