Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Bernardo: Servidores são importantes para melhoria da gestão pública

Bernardo: Servidores são importantes para melhoria da gestão pública

publicado:  27/11/2006 06h00, última modificação:  02/06/2015 19h21

Brasília, 27/11/2006 - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse nesta segunda-feira, 27.11, na abertura do IV Encontro de Recursos Humanos do SIPEC que acontece na Academia de Tênis, em Brasília, que o governo precisa da cooperação ativa, firme e persistente do servidor público para a melhoria da gestão pública.

Foto: André Brasil

Bernardo citou algumas providências que o governo está estudando para evitar o mau uso do dinheiro público e acrescentou que "são os servidores que serão capazes de achar soluções e implementá-las" e quanto mais motivado estiver o servidor, "mais teremos a certeza que teremos um governo bem sucedido na superação dessas questões", destacou.

Paulo Bernardo afirmou acreditar que o Presidente Lula foi reeleito por razões muito objetivas e uma delas, "sem dúvida, foi o desempenho da economia", principalmente a inflação de cerca de 3% neste ano que tem, segundo o ministro, um reflexo muito positivo naqueles que vivem de salário.

Outro ponto que caracterizou o primeiro mandato do Presidente Lula, segundo disse Bernardo aos participantes do Encontro, foi a forma de relacionamento com a sociedade, no sentido mais amplo - trabalhadores, empresários, os movimentos sociais e a forma com que tratou as reivindicações, como negociou. Segundo o ministro, esta posição se refletiu também na política de recursos humanos da administração pública e acrescentou que o governo manteve a política do diálogo e procurou fazer justiça com as reivindicações dos servidores ao longo desses quatro anos.

Já o secretário de Recursos Humanos, Sérgio Mendonça, ressaltou que a política de Recursos Humanos atua na base, lida com o interesse individual em prol do interesse público e que os encontros do SIPEC vêm avançando, trazendo novos desafios e mostrando o que vem sendo feito. Para o secretário, a palavra-chave nestes quatro anos de Governo na área de RH foi a democratização, por isso o Encontro deste ano terá discussões dentro do tema "Democratizando a gestão de pessoas".

Foto: André Brasil

A mesa foi composta ainda pelo sub-secretário de Assuntos Administrativos, Sylvio Petrus, que enfatizou que os dirigentes de Recursos Humanos têm papel fundamental porque cuidam dos servidores, principal ligação entre o Estado e a população. Estiveram também presentes a mesa representantes dos patrocinadores como o gerente executivo da Diretora de Governo do Banco do Brasil, Fernando Gonzaga, o gerente de Relações Institucionais de Recursos Humanos da Petrobrás , Charles Nobre e a diretora executiva da GEAP, Regina Parizi.