Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Bernardo: Estado está preparado para arrecadar, não para gastar

Bernardo: Estado está preparado para arrecadar, não para gastar

publicado:  05/06/2006 09h00, última modificação:  02/06/2015 19h21

Brasília, 5/6/2006 - O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, disse nesta segunda-feira, 5/6, na abertura do Fórum Internacional de administração pública, promovido pela ENAP, que o Estado brasileiro montou nos últimos anos uma eficiente e moderna estrutura arrecadadora, mas não se preparou o suficiente nem investiu em sistemas e pessoal voltados para a qualidade do gasto público.

foto: Antonio Cunha
E/D Srª. Helena Kerr do Amaral, presidente - ENAP. Srª Geraldine Jolsy Fraser- Moleketi- ministra do serviço público e administração da África do Sul. Sr. Paulo Bernardo - Ministro do Planejamento Orçamento e Gestão. Sr. Guillermo Enrique Rishchynski-embaixador Canadá. Srª Ruth Dantzer, presidente da Escola Canadense do Serviço Publico-CSPS.

Segundo Bernardo, o país ainda tem deficiências nesta área e o Governo Lula tem procurado investir em programas de modernização da gestão pública, além de aperfeiçoar sistemas de aferição da qualidade do gasto público e seu resultado para a sociedade.

Para uma platéia formada por diretores de escolas de administração pública de vários países, o ministro falou sobre o êxito do programa Bolsa Escola e seu impacto positivo na população carente, com a redução da desigualdade social no país, comprovada na última pesquisa do IBGE.

Destacou as conquistas da política macroeconômica implementada pelo governo, com o controle da inflação, relação dívida/PIB, crescimento econômico.


E/D Sr. Paulo Bernardo - Ministro do Planejamento Orçamento e Gestão. Sr. Guillermo Enrique Rishchynski-embaixador Canadá. Srª Ruth Dantzer, presidente da Escola Canadense do Serviço Publico-CSPS.

Segundo Bernardo, só com funcionários públicos preparados e atentos, o Estado atinge êxito na sua política. Assim, salientou, "para colocar o Estado realmente a serviço do cidadão, precisamos avançar mais e o trabalho da ENAP é fundamental, imprescindível".

O ministro afirmou que o país necessita de um Estado aparelhado e com funcionários públicos capacitados e engajados em prestar um bom serviço à população que paga os impostos e quer serviço público de qualidade.

A presidente da ENAP - Escola Nacional de Administração Pública, Helena Kerr do Amaral, promotora do evento que comemora os 20 anos da Escola, destacou a satisfação com as conquistas da ENAP realizadas, os programas e projetos voltados para o desenvolvimento do setor público e seus servidores.

Helena Kerr destacou que a ENAP, criada em 1986, acompanhou a redemocratização do país e agora era "hora de comemorar e refletir" sobre o que foi feito até agora na formação de dirigentes públicos para que o país "pudesse ter uma administração pública cada vez mais profissionalizada, voltada para atender às necessidades do cidadão brasileiro".