Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Bernardo diz que ficará no Planejamento até o fim do Governo Lula

Bernardo diz que ficará no Planejamento até o fim do Governo Lula

publicado:  09/02/2010 10h00, última modificação:  02/06/2015 19h21

Brasília, 9/2/2010 – O ministro Paulo Bernardo disse nesta terça-feira que irá permanecer à frente do Ministério do Planejamento até o fim do Governo Lula. Bernardo afirmou que não irá mais se candidatar a deputado federal pelo Estado do Paraná atendendo a um pedido do Presidente da República.


Foto: Divulgação/JCP

Segundo Bernardo, o presidente Lula enfatizou que não quer mudar a equipe econômica neste que “será o ano de consolidação das políticas de governo. Além disso, destacou o ministro, o Presidente disse que quer dar um sinal de que não haverá mudança na política econômica e a política fiscal continuará a ser conduzida com austeridade.

O ministro disse que o presidente Lula ainda destacou que o Brasil vive um momento especial já que saiu da crise em menor tempo que vários outros países e sem grandes cicatrizes. Entretanto, manifestou preocupação com a crise que abate sobre alguns países da zona do Euro como Grécia, Portugal, Espanha . Esclareceu que são situações que requerem “vigilância permanente sobre a nossa situação macroeconômica.

Paulo Bernardo assumiu o Ministério do Planejamento em março de 2005, durante o terceiro mandato de deputado federal pelo Estado do Paraná. O ministro disse que era sua pretensão continuar a representar no Parlamento o povo do Paraná, seu estado de adoção, mas foi convencido pelo presidente Lula a ficar no governo federal e continuar o trabalho de mudar o Brasil.