Você está aqui: Página Inicial > imprensa > Comunicados à Imprensa > Resposta à matéria do jornal O Globo sobre o IBGE

Resposta à matéria do jornal O Globo sobre o IBGE

publicado:  22/09/2014 20h17, última modificação:  27/08/2015 12h42

A respeito dos dados publicados sobre orçamento e pessoal do IBGE, no jornal O Globo, editoria de Economia, página 17, o Ministério do Planejamento esclarece:

  -  O jornal errou ao considerar somente os servidores efetivos e não o total de funcionários do Instituto. Assim, o total de funcionários do IBGE é 10.361 profissionais e não 6.083.

  -  Em relação ao início de 2011, o quadro é de estabilidade. Naquele ano, havia 10.286 funcionários e agora há 10.361, sendo 150 vagas autorizadas em 30/05.

  -  O orçamento das despesas discricionárias do IBGE - sem atividades censitárias, que são pesquisas esporádicas e por essa razão distorcem a comparação - foi: em 2013, R$ 246 milhões. E em 2014, R$ 254,5 milhões. Aumento real de 3,2%.

  -  Dessa forma, estão preservadas todas as pesquisas conjunturais, mensais, trimestrais e anuais, com longas séries históricas, que não podem ser interrompidas, bem como asseguradas a manutenção e funcionamento do órgão.

  -  Quanto ao Censo Agropecuário e Contagem da População - pesquisas decenais, que custam cerca de R$ 3 bilhões - não há decisão definitiva em não realizá-las. O governo avaliou que a próxima gestão deve verificar se haverá espaço fiscal para realizá-las e o orçamento poderá ser recomposto para 2015.

 

Assessoria de Comunicação
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão