Você está aqui: Página Inicial > imprensa > Comunicados à Imprensa > Planejamento esclarece matéria “Desembolso em obras do PAC caem no governo Dilma” publicada pela Folha de São Paulo

Planejamento esclarece matéria “Desembolso em obras do PAC caem no governo Dilma” publicada pela Folha de São Paulo

publicado:  20/11/2012 18h41, última modificação:  27/08/2015 12h42

Brasília, 20 de novembro de 2012

A capa do jornal Folha de S. Paulo de hoje colocou entre aspas uma frase que não foi dita pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Ao contrário do que afirmou o jornal, a ministra disse que o atraso em obras é “da regra do jogo e não que “é regra do jogo, como publicado. Ao omitir a preposição da frase, além de descontextualizar a informação, o jornal manipulou o sentido do que foi dito. Uma parte da regra, com a qual é necessário lidar, se transformou na única regra.

Além desse erro na capa do jornal, a matéria interna “Desembolso em obras do PAC caem no governo Dilma também contem dados equivocados. O PAC, em 2012, teve uma execução superior em comparação com os anos anteriores, ao contrário do que afirma a matéria. O jornal desconsidera os investimentos realizados no programa Minha Casa Minha Vida que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento e são fundamentais para o estímulo e a “ampliação da capacidade produtiva do país, como afirma a própria matéria. A seguir, os dados corretos. 1) Dotação: R$ 32,2 bilhões (2010); R$ 40,4 bilhões (2011); R$ 47,4 bilhões (2012). 2) Pagamentos até 31/10: R$ 17,7 bilhões (2010); R$ 20,8 bilhões (2011); R$ 26,6 bilhões (2012). 3) Taxa de Execução: 54,8% (2010); 51,5% (2011); 56% (2012).

 

Assessoria de Comunicação
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão