Você está aqui: Página Inicial > Rede SPUGeo

Rede SPUGeo

publicado:  14/11/2017 18h35, última modificação:  21/06/2018 20h20

PAPEL DAS INSTITUIÇÕES

As entidades públicas federais, por dominarem o conhecimento estabelecido na validação da metodologia desenvolvida pela Unidade Central de Gestão de Geoinformação da Secretaria (procedimentos técnicos específicos da catalogação e conversão cartográfica), foram imprescindíveis para o alcance dos objetivos pretendidos de forma adequada às especificidades de cada Unidade Regional de Geoinformação.
Em relação a esse contexto, as universidades, por intermédio de seus respectivos coordenadores se apresentam como peças chave para o sucesso do projeto. São estas:

• Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ
• Universidade Federal da Bahia – UFBA
• Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC
• Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
• Universidade Federal do Amazonas - UFAM
• Universidade Federal Fluminense - UFF

Entre as atribuições das universidades parceiras, constam: a validação do método apresentado pela SPU, participação dos professores/coordenadores na elaboração e execução das oficinas de aprimoramento, assim como a participação de alunos bolsistas na aplicação do método em si.

De acordo com o Termo de Descentralização firmado entre a SPU e a UFF, a Universidade Federal Fluminense cumpre o papel de facilitar os trâmites técnicos/burocráticos que antes ficariam a cargo da SPU. O fomento para as demais universidades será descentralizado pela Fundação Euclides da Cunha – FEC (Fundação de Apoio da UFF).

TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTOS

A parceria entre a SPU/MP e as Universidades convidadas possibilitará o diálogo, a troca de experiências, a multiplicação de práticas, ações e procedimentos técnicos de catalogação e conversão cartográfica e publicação, além da geração de resultados com mútuos interesses, por meio de intercâmbio científico e tecnológico com o meio universitário. O intercâmbio científico e tecnológico se dará por meio da infraestrutura de pesquisa, organização, preservação e disseminação de acervo cartográfico da SPU, de forma a entender a necessidade de busca e utilização da informação espacial do patrimônio imobiliário da União de interesse dos gestores públicos, pesquisadores, estudantes e da sociedade de um modo geral.
A correta implementação das Unidades Regionais de Geoinformação é resultado dessa parceria que tornará a SPU centro referencial de informações patrimoniais do País, com a geração de subsídios para a pesquisa e produção acadêmica como um todo que terão à disposição informações do Acervo Cartográfico da SPU com efetivas condições de acesso e utilização por meio de sistemas eletrônicos on-line.

EQUIPE TÉCNICA

1.1. Apresentação das parcerias e equipes. Os colaboradores do projeto.

1.1.1. Equipe técnica SPU Brasília

Cárita da Silva Sampaio
Graduação em Geografia (UnB), especialização em Geoprocessamento (Geociências/UnB) e Mestrado em Geoprocessamento para a Gestão Territorial e Ambiental (Geografia/UnB). Doutorado em Ciência da Informação da UnB com ênfase em Arquitetura da Informação Geográfica. Atuou cedida da SPU/MP à Companhia de Planejamento do Distrito Federal (CODEPLAN) como Gerente de Demografia, Estatística e Geoinformação, dedicada à espacialização das pesquisas socioeconômicas, à criação e implementação da infraestrutura de dados espaciais (IDE), e à coordenação do projeto de Governança Metropolitana no Brasil em parceria com o IPEA no período de 09/2011 a 06/2015. Retornou à SPU em 07/2015 para atuar no Programa de Modernização do Patrimônio da União. Atualmente é Chefe de Divisão de Informação Geoespacial na SPU.

Clauber Teixeira Rodrigues
Graduado em Economia pela Universidade Católica de Brasília - Distrito Federal, cursando especialização em Gestão de Projetos pelo Centro Universitário IESB. Profissional da área de tecnologia há mais de 25 anos, participando do desenvolvimento de diversos sistemas de informação ao longo da vida profissional, com trabalhos especializados em banco de dados relacionais e "Bussiness Inteligent" negociais e comerciais. Atualmente chefio a divisão da Coordenação Geral de Cadastro e Informações Geoespaciais da Secretaria do Patrimônio da União, órgão que compõe o Ministério do Planejamento.

Gabriel Smidt Portella Valderrama
Graduado em Engenharia de Redes de Comunicação pela Universidade de Brasília - UnB, especialização em Segurança da Informação pelo SENAI/SC. Experiência de 03 anos trabalhando no ramo de Telecom (circuitos de dados: configuração de switches e roteadores, liderança de equipe de gestão de pendências de instalação de circuitos de dados), 06 com Tecnologia da Informação (Segurança da Informação e Redes de Computadores) e 03 no Setor Portuário Nacional (planejamento e logística). Há 03 anos ocupa o cargo de Analista de Infraestrutura, do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, tendo sido lotado na Secretaria de Portos e atualmente lotado na Coordenação Geral de Gestão de Cadastro e Informação Geoespacial – CGCIG, da Secretaria do Patrimônio da União – SPU.

Alexandre Nepomuceno Charnaux Sertã
Geólogo pela Universidade de Brasília - UnB (2014) e Pós graduação Executiva em Petróleo e Gás Natural – COPPE/UFRJ (2016). Atualmente é Geólogo do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, na Secretaria do Patrimônio da União.

Natália Guimarães Leite
Atualmente é arquiteta do quadro de servidores da Secretaria de Patrimônio da União do Ministério do Planejamento SPU/MP, já tendo sido arquiteta da Fundação Universidade de Brasília FUB/UnB (07/2014- 01/2016). Especialista em Reabilitação Sustentável em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília (pós-graduação lato sensu) (11/2014 - 01/2016). Arquiteta e urbanista pela Universidade de Brasília - UnB (2012). Participou do programa de estágio IAESTE na cidade de Tübingen/Alemanha (2011), sendo bolsista do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico).

Daniel Junges Menezes
Graduado em Geografia - Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (2011). Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Santa Maria (2014). Graduado em Geografia - Bacharelado pela Universidade Federal de Santa Maria (2015). Atualmente é Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Santa Maria. Desde de 2017 ocupa o cargo de Geógrafo junto à Coordenação Geral de Cadastro e Informações Geoespaciais da Secretaria do Patrimônio da União, órgão que compõe o Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão.

1.1.1. Equipe Técnica SPU Regionais;

Andres Camilo Rodriguez Hurtado – SPU/AM
Graduado em Geologia na modalidade “Sandwich” pela Universidade Federal do Amazonas e pela Universidade de Alicante, Reino da Espanha. Mestrando em Geociências pela Universidade Federal do Amazonas. Geólogo da Superintendência do Patrimônio da União no Amazonas, Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, onde coordena a Unidade Regional de Geoinformação – Norte. Está também como Coordenador Substituto na Coordenação de Caracterização e Incorporação, onde desenvolve atividades voltadas a caracterização, demarcação e fiscalização do patrimônio imobiliário da união, utilizando principalmente ferramentas de sensoriamento remoto e geoprocessamento.

Andressa Lopes de Oliveira Passos – SPU/BA
Bacharel em Geografia pela Universidade Federal da Bahia e Especialista em Geotecnologias –Soluções de Inteligência Geográfica pela Faculdade Escola de Engenharia de Agrimensura – FEEA. Há 7 anos no serviço público, com experiência nas áreas de meio ambiente, cartografia, geoprocessamento e sistemas de informação geográfica. Atualmente é a responsável técnica da Unidade Regional de Geoinformação no Nordeste – URGeoNE, na Superintendência do Patrimônio da União na Bahia.

Eduardo de Avelar Solano Martins- SPU/BA
Graduado em Engenharia Mecânica pela UFBA - Universidade Federal da Bahia, Pós-Graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho pela PROMINAS e Graduando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela UNICESUMAR, conclusão prevista para jul/17. Experiência na área de manutenção industrial, com atuação em empresas de grande porte, principalmente no segmento químico, petroquímico, metalúrgico e de telecomunicações. Servidor Federal Efetivo há 2,5 anos, atuando inicialmente no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços na Coordenação de Arranjos Produtivos Locais, e posteriormente no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, na Secretaria de Patrimônio da União, unidade regional – SPU/BA, na área de gestão.

Edleuza da Rocha Teixeira - SPU/BA
Graduada em Análise de Sistemas pela Universidade do Estado da Bahia, especialista em Qualidade e Governança em Tecnologia da Informação pela Faculdade Ruy Barbosa. Analista em Tecnologia da Informação do quadro efetivo do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Atua há mais de 7 anos no serviço público federal com foco na análise e melhoria de processos de trabalho de Tecnologia da Informação e de gestão. Na iniciativa privada atuou na implantação de certificações de qualidade CMMI nível 5, CMMI nível 3 e SW-CMM nível 2 em fábrica de software e foi responsável pelo controle do sistema de qualidade de empresa multinacional, com participação na obtenção das certificações ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18000.

Ramille Araujo Soares de Paula - SPU/MG
Graduada em engenharia civil pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, mestre em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, também pela UFMG. Analista de infraestrutura atuando na Secretaria do Patrimônio da União, desde 2009, principalmente na demarcação de terrenos marginais da União, buscando ferramentas atuais visando o melhoramento destes processos via a geomorfologia fluvial e o geoprocessamento. Atualmente é responsável pela divisão de caracterização e controle do patrimônio da União em Minas Gerais.

Jessica Carvalho Vianna Co - SPU/MG
Graduada em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Viçosa, Especialista em Tecnologia e Gestão do Ambiente Construído pela Universidade Federal de Minas Gerais e atualmente cursa Especialização em Geoprocessamento pela PUC Minas. Foi Bolsista de Graduação na Washington State University/EUA pelo Programa Ciência sem Fronteiras. Ingressou no serviço público no cargo de Engenheira na Superintendência do Patrimônio da União em Minas Gerais em 2016, realizando trabalhos de demarcação de áreas da União e a identificação dos imóveis nelas inseridos.

Tatiana Ambrósio Batista - SPU/MG
Formada em Engenharia de Controle e Automação pela PUCMinas, possui pós-graduação em Gestão e Tecnologia da Informação, e está finalizando a especialização em Geoprocessamento (Out/2017). Atuou em empresa como consultora na área de Gerenciamento de Projetos, e atualmente é servidora da Ministério do Planejamento, atuando na área de Destinação da Superintendência do Patrimônio da União em Minas Gerais.

Janaína Valeska Raposo Viana - SPU/RJ
Possui graduação em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e pós graduação lato sensu em Gestão para Qualidade do Meio Ambiente pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atuação acadêmica na área de Geociências, com ênfase em Geografia Física, Geografia Agrária e Meio Ambiente. Atuação profissional na área de Planejamento Urbano, em projetos de regularização fundiária, provisão habitacional e saneamento básico integrado. Atualmente, executa atividades de identificação, caracterização e demarcação de áreas de domínio da União, na Superintendência do Patrimônio da União no Estado do Rio de Janeiro.

Ícaro Azevedo da Silva - SPU/RJ
Graduado como Bacharel em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Especialista em Gestão de Bancos de Dados pelo INFNET e certificado em Design de Sistemas Corporativos de Informação Geográfica pela Esri. Possui mais de 10 anos de atuação profissional analista GIS em empresas desenvolvedoras de soluções, como as representantes Esri e Autodesk no Brasil. E também em empresas que aplicam geotecnologias em seus processos de negócios, como Petrobras e Ecology and Environment. Desde janeiro de 2017 é servidor no Ministério do Planejamento.

Juliano Luiz Pinzetta - SPU/SC
Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Goiás, cursando Pós Graduação em Geoprocessamento na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Analista de Infraestrutura do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, atuando como Coordenador de Caracterização e Incorporação da Superintendência do Patrimônio da União em Santa Catarina.

Luiz Carlos da Costa - SPU/SC
Possui graduação em geologia pela Universidade Federal do Paraná (2013), cursa Especialização em Elaboração e Gerenciamento de Projetos para Gestão Municipal de Recursos Hídricos, IFCE/ANA. Vida acadêmica com atuação na área de Processamento de dados cartográficos em ambiente SIG, desenvolvimento de geotecnologias e a estruturação SIG para sistematização da entrada, modelagem, armazenamento e saída de dados geológicos georreferenciados dos projetos de pesquisa da Rede Geotectônica / Petrobras. Atualmente é Funcionário do Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão, atuando na Superintendência de Patrimônio da União, no cargo de Geólogo.

1.1.1. Equipe Técnica Universidades;

Conforme acordado através do Termo de Execução Descentralizada nº 17/2016, fica sob responsabilidade da Universidade Federal Fluminense a coordenação dos colaboradores regionais do projeto em foco no presente documento. São estes:

Clodoveu A. Davis jr. - UFMG
Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (1985), mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1992) e doutorado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000). Atualmente é professor do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais, onde atua como docente em cursos de graduação e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em geoinformática, atuando principalmente nos seguintes temas: bancos de dados geográficos, sistemas de informação geográficos (SIG), infraestruturas de dados espaciais, geoprocessamento, modelagem de dados geográficos, geocodificação e aplicações urbanas de SIG.

Artur Caldas Brandão - UFBA
Graduado em Engenharia de Agrimensura pela Escola de Engenharia Eletro Mecânica da Bahia (1987), com mestrado em Ciências Geodésicas pela Universidade Federal do Paraná (1991) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003). É professor adjunto do Departamento de Engenharia de Transportes e Geodésia da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, no curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica e no Mestrado em Engenharia Ambiental Urbana. Atua principalmente nas seguintes áreas: cadastro territorial, geodésia / GNSS, topografia. No periodo de julho/2012 a abril/2015 foi Diretor de Inovação da FAPESB - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia.

Liliana Sayuri Osako - UFSC
Possui graduação em Geociências pela Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Metalogênese e Sensoriamento Remoto pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Petrologia, Litogeoquímica e Evolução Crustal pela Universidade Federal de Pernambuco (2005).
Tem experiência na área de Mapeamento Geológico, Geofísica, Sensoriamento Remoto e SIG, atuando principalmente nos seguintes temas: mapeamento geológico, geocronologia, geotectonica, geofísica, sensoriamento remoto e SIG.

Naziano Filizola - UFAM
Doutor em Hidrologia & Geologia pela Universidade Paul Sabatier - Toulouse III, França. Atualmente é Professor de Geografia Física (Graduação e Pós-Graduação) e Assessor de Relações Internacionais e Interinstitucionais na Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Coordena o Laboratório de Potamologia Amazônica (LAPA/UFAM), é líder do Grupo de pesquisas Hidrossistemas e o Homem na Amazônia (H2A/UFAM) e colabora como docente no Programa de Pós-Graduação em Clima e Ambiente do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (CLIAMB/INPA). Atua em projetos de pesquisa na temática da Dinâmica Fluvial e da Gestão de Recursos Hídricos na Amazônia desde os anos 90.

Estefan Monteiro Da Fonseca - UFF
Graduado em Oceanografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Mestrado em Geologia e Geofísica Marinha pela Universidade Federal Fluminense e Doutorado em Geologia e Geofísica Marinha pela Universidade Federal Fluminense/Queen´s University Belfast. Vida acadêmica voltada para Geoquímica Ambiental, em estudos voltados para temas como metais pesados, hidrocarbonetos em corpos hídricos e contaminação ambiental. Atua a mais de 18 anos como consultor com foco no gerenciamento costeiro, em empreendimentos dos mais diversos segmentos como Energia, Óleo e Gás, Transportes etc, na elaboração de estudos ambientais e diagnósticos, com fins de licenciamento e remediação de impactos.

1.1.2. Alunos Universitários Bolsistas;

Os bolsistas atuam diretamente nas unidades regionais, utilizando os novos equipamentos adquiridos pela SPU. Tratam-se de estudantes de áreas de cartografia, geografia, engenharia, computação e são responsáveis pela digitalização, georreferenciamento, vetorização, edição e validação topológica no banco de dados geoespacial da SPU.

Samuel Felipe
Curso técnico de Guia de Turismo regional/nacional pelo serviço nacional de aprendizagem comercial (SENAC EM 2014). Atualmente ingressando no sexto período do curso de graduação Licenciatura – Geografia na Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Aluno do Laboratório de Potamologia Amazônica (LAPA/UFAM). Realizou projeto de iniciação cientifica (PIBIC 2016/2017) “Monitoramento e Analise Pluviométrica no Campus da UFAM em Manaus”.

Rogério Marinho
Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas (2009) e mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2011). Professor do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Amazonas. Doutorando do Programa de Pós-graduação em Clima e Ambiente (INPA/UEA). Tem experiências nas áreas de Sensoriamento Remoto, Geografia Física e projetos de conservação ambiental. Principais interesses: imagens de satélite, análise espacial, hidroclimatologia e mudanças no uso e cobertura da terra.

Camila de Araújo Vieira
Graduanda em Geografia (Licenciatura) na Universidade Federal do Amazonas (UFAM) atualmente no sexto período. Participei do Programa Institucional de Iniciação Científica – PIBIC no período 2016 a 2017. Possui curso de Auxiliar Administrativo na instituição Sest Senat realizado de 2012 a 2014.

Raphael Corrêa de Souza Coelho
Geografo (2016) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Aluno de pós-graduação em Geografia com foco em Planejamento e Gestão Territorial (2017). Foi bolsista PIBIC e PIBEX (2012) e estagiario na empresa Mosaico Conservação & Licenciamento Ambiental LTDA (2014). Atuou como bolsista na Prefeitura Universitária (PU) pelo no Lab. de Sistemas de Informação Geográfica Aplicados à Engenharia Urbana (SIGEUrb)(2015). Possui experiências em Geotecnologias aplicadas à estudos ambientais. Atualmente participa de projeto de monitoramento ambiental "Olho no Verde" da Secretaria Estadual do Ambiente (SEA) e desenvolve estudos de aplicações com VANT pelo Laboratório Espaço de Sensoriamento Remoto e Estudos Ambientais (Lab. ESPAÇO).

Gabriel Seidler
Aluno do oitavo semestre no curso de Geologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Técnico em Química formado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), com experiência profissional na área de fluidos de perfuração de poços de petróleo.