Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Planejamento > Orçamento > Notícias > SOF completa 45 anos e premia pesquisas sobre Orçamento Público

Notícias

SOF completa 45 anos e premia pesquisas sobre Orçamento Público

Prêmio SOF de Monografias estimula a pesquisa acadêmica e o estudo do Orçamento

publicado:  17/03/2016 00h00, última modificação:  21/03/2016 10h34

A Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) completou 45 anos nesta quinta-feira (17) com homenagens a servidores e parceiros, além da entrega do oitavo Prêmio SOF de Monografias.

“Nosso foco, no momento, está relacionado à gestão e à qualidade do gasto que envolve avaliar o custo-benefício e a efetividade das políticas sociais e dos investimentos”, afirmou o secretário de Orçamento Federal, Francisco Franco, que destacou a prioridade da secretaria na abertura da premiação.

Durante a cerimônia, oito servidores receberam certificados de reconhecimento profissional, uma homenagem ao trabalho prestado. A secretária de Gestão do Ministério do Planejamento, Patricia Audi, foi homenageada com o título de Amigo da SOF.

O secretário-executivo, Francisco Gaetani, elogiou o empenho da Secretaria de Orçamento Federal. “A SOF é uma das áreas do governo de maior qualidade em serviço público brasileiro”, afirmou Gaetani, que destacou ainda a necessidade de debater mais a qualidade e efetividade dos gastos públicos e o destino dos recursos.

Os temas abordados na 8ª edição do Prêmio SOF de Monografias foram: Qualidade do Gasto Público e Aperfeiçoamento do Orçamento Público. Os vencedores do primeiro lugar do primeiro tema foram Rodrigo Octávio Orair e Sérgio Wulff Gobetti, com a monografia ‘O Gasto Público e o Ciclo da Política Fiscal - 1999-2014’. O segundo lugar foi para Felipe José Cardoso Avezani, com a monografia 'Impacto de Transferências Intergovernamentais sobre Desigualdades Interpessoais de Renda e Educação: um exercício utilizando RDD'. 

Desde 2007, o Prêmio SOF recebeu mais de 527 monografias inscritas; nesta edição foram 67 inscrições. O prêmio é uma iniciativa da Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, com a realização da Esaf e apoio da Associação Brasileira de Orçamento Público (Abop).

O evento contou ainda com a participação do diretor geral da Escola Fazendária (Esaf), Alexandre Mota; o presidente da Associação Brasileira de Orçamento Público (ABOP), Antônio Amado; além de dirigentes da comunidade acadêmica e de servidores.