Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Planejamento > Orçamento > Notícias > Paulo Bernardo comenta pesquisa do IBGE

Notícias

Paulo Bernardo comenta pesquisa do IBGE

publicado:  20/04/2015 14h21, última modificação:  20/04/2015 14h21

 
 

Nota Técnica

Quadros

 
 
Brasília, 25/11/2005 - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, e o chefe da Assessoria Econômica, Arno Meyer, comentaram nesta sexta-feira, 25.11, os números da Pesquisa Nacional por Domicílios de 2004, divulgada pelo IBGE. Bernardo destacou que a renda da população parou de cair depois de sete anos.

Segundo o ministro, o salário é o último item indicativo de crescimento consistente da economia. Ressaltou que primeiro cresce o consumo, depois o nível de emprego, a formalização da economia, a taxa de investimento e finalmente o salário. A pesquisa mostra o aumento da renda dos mais pobres e crescimento significativo dos empregados com carteira assinada, além do aumento do percentual de ocupação na população feminina.

Bernardo destacou ainda que os dados do IBGE mostram o envelhecimento da população brasileira, o que traz um desafio aos governos de pensar as políticas públicas para previdência a fim de adaptá-las à nova realidade nacional. A pesquisa mostra que os brasileiros com mais de 60 anos eram 6,4% em 1981, passaram a 9,8% do total da população.