Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Planejamento > Orçamento > Notícias > Governo amplia gastos de custeio e investimento em R$ 800 milhões

Notícias

Governo amplia gastos de custeio e investimento em R$ 800 milhões

publicado:  20/04/2015 11h21, última modificação:  20/04/2015 11h21
Brasília, 25/3/2004 - Depois da avaliação do comportamento das receitas e despesas do Orçamento 2004 no primeiro bimestre do ano de 2004, foram feitas novas estimativas com base nos valores efetivamente realizados até fevereiro. Verificou-se uma ampliação de R$ 1,2 bilhão a mais na arrecadação que serão alocadas da seguinte maneira:

· R$ 800 milhões para custeio e investimento;
· R$ 400 milhões para despesas de pessoal.

A elevação de gastos com pessoal se refere ao aumento não programado de R$ 258 milhões de precatórios incluídos em leis orçamentárias anteriores a 2004, não quitados por motivos diversos e colocados para pagamento neste ano. O restante (R$ 142 milhões) será destinado à reestruturação de carreiras e pagamento de anistiados políticos.

Em fevereiro deste ano, o governo editou um decreto de programação orçamentária e financeira determinando um bloqueio provisório de R$ 6 bilhões nas despesas de custeio e investimento dos órgãos da administração pública federal. Na próxima semana, o governo deve editar novo decreto com a ampliação de R$ 800 milhões nas despesas discricionárias.

Clique nos links a seguir para ler a íntegra da nota técnica da Secretaria de Orçamento Federal e sobre o Relatório de Avaliação Bimestral do Orçamento 2004.