Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Planejamento > Orçamento > Notícias > "Estamos fazendo ajustes para manter o crescimento sustentável em torno de 5%", diz Ministra

Notícias

"Estamos fazendo ajustes para manter o crescimento sustentável em torno de 5%", diz Ministra

publicado:  20/04/2015 11h21, última modificação:  20/04/2015 11h21

Brasília, 26/4/2011 - Em audiência pública na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (26), a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, apresentou  cenários da economia brasileira e mundial, em termos de comportamento da inflação, solidez fiscal e desenvolvimento econômico sustentável, destacando a boa inserção do Brasil, em todos os aspectos analisados.


Foto: Luciano Ribeiro/Divulgação

Segundo a ministra, o Brasil saiu da crise mais rapidamente, porém o mundo estava dividido entre os mais avançados e os emergentes e neste cenário o país está entre esses emergentes que estão puxando o crescimento.

“Nós estamos fazendo ajustes para manter crescimento sustentável em torno de 5%. Seguramos os gastos públicos, vimos cumprindo o superávit primário e reduzindo o déficit fiscal, afirmou Miriam. Entre os países integrantes do G20, o Brasil é um dos países com maior solidez fiscal, com superávit primário em torno de 3%. Os esforços contribuem com a redução da dívida pública brasileira.  Os índices da inflação, no Brasil, são menores que em países como a China e a Rússia, disse a ministra.

A inflação é de caráter internacional e está relacionada, entre outros, ao aumento das comoditties. Ela falou da importância dos investimentos internos e externos, que são fundamentais para o crescimento de qualidade e sustentável no país. O crescimento gera empregos, aumento da massa salarial e trás desafios como a educação e qualificação de mão-de-obra.

Essas medidas econômicas criam cenários favoráveis para a continuidade do crescimento sustentável, com solidez fiscal e controle da inflação. Os resultados aparecem a curto, médio e longo prazo.