Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > SPU recebe área para aprimorar fiscalização na fronteira Brasil-Paraguai

Notícias

SPU recebe área para aprimorar fiscalização na fronteira Brasil-Paraguai

publicado:  29/07/2011 18h26, última modificação:  28/05/2015 13h10

Brasília, 29/7/2011 – O Governo Federal vai construir um novo Centro de Despachos,  mais moderno e ampliado pela Receita Federal, no município de Ponta Porá (MS) para aprimorar a fiscalização na fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

Para viabilizar a obra, o município cedeu uma área ao Ministério do Planejamento, por meio da Superintendência do Patrimônio da União no Estado de Mato Grosso do Sul. O complexo deve ficar pronto em três anos e vai ajudar a melhorar o controle do comércio ilegal, inclusive armas e drogas, como enfatiza o superintendente da SPU, no Mato Grosso do Sul, Mário Sérgio Sobral.

“Esse é um trabalho conjunto com a Receita Federal para fortalecer a fiscalização nas fronteiras entre o Brasil e os países vizinhos, comenta Sobral. “O Brasil tem um comércio muito grande com o Paraguai e uma das vias de entrada desses produtos brasileiros para o país vizinho é via Ponta Porã. Agora todo veículo que entrar no Paraguai terá que passar pela Receita Federal.

O superintendente lembra ainda que a atual aduana de Ponta Porã foi construída há mais de 40 anos. O prédio é velho e está mal localizado. Fica no centro da cidade numa área urbana, o que provoca tráfego intenso de veículos, já que vários caminhões ficam parados no local esperando a tramitação burocrática para entrar no país. O novo Centro de Despacho ficará na entrada de Ponta Porã distante do centro urbano.