Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > SPU fará seleção de currículo para vagas de DAS

Notícias

SPU fará seleção de currículo para vagas de DAS

publicado:  14/09/2007 06h00, última modificação:  28/05/2015 13h09

Brasília, 14/9/2007 -  A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) do  Ministério do Planejamento  fará na próxima semana chamada pública para seleção de currículos em todo o país, com vistas a possível contratação em cargos de confiança do grupo Direção e Assessoramento Superior – DAS. Estão disponíveis 107 cargos que compõem a estrutura organizacional da SPU no Distrito Federal e nos estados.

A recepção de currículos será feita exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico www.planejamento.gov.br. As inscrições começam às 8h (horário de Brasília) do próximo dia 17 (segunda-feira) e serão encerradas às 20h do dia 21 (sexta-feira). Para se inscrever, o candidato deverá preencher a Ficha de Pesquisa e Seleção de Currículos.

 Para a secretária do Patrimônio da União, Alexandra Reschke, “o Ministério do Planejamento não só está garantindo à SPU uma estrutura adequada à sua missão, há muito recomendada pelos órgãos de controle, como também quer, com essa chamada, possibilitar a criação de uma nova cultura com relação ao preenchimento destes cargos”.  

Serão selecionados tanto candidatos que tenham completado o Ensino Médio quanto candidatos com Ensino Superior, em qualquer área de graduação. Mas há casos específicos, em que será exigida diplomação em Direito, Arquitetura, Geografia, Engenharia, Agronomia, entre outros.

 A remuneração para os cargos é a seguinte: R$ 6.396,04 para os ocupantes de DAS-4;  R$ 3.777,63, para os cargos DAS-3;  R$ 2.518, 42 para DAS-2;  e R$ 1,977,31 para DAS-1.  A chamada pública será para preencher cargos de livre provimento e exoneração, sem efetivação no quadro efetivo de pessoal da SPU, onde estão lotados os servidores concursados e regidos pela Lei 8.112-90 (Regimento do Servidor Público).

Tanto pessoas que já integrem a Administração Pública Federal quanto candidatos que estejam fora do serviço público podem se inscrever. A contratação terá de seguir o que determina o Decreto 5.497/2005, no qual se exige que 75% dos cargos em comissão DAS-1, 2 e 3 e 50% dos cargos DAS 4 sejam ocupados exclusivamente por servidores de carreira.

 Uma comissão designada pela SPU fará a primeira seleção de até três currículos por vaga. Os selecionados serão, então, convocados para uma segunda fase, onde farão entrevistas individuais e participarão de dinâmicas de grupo realizadas pelo Comitê de Avaliação. Todas as despesas de viagem e hospedagem para esta segunda fase correrão por conta do candidato.

 Na administração central da SPU em Brasília (Bloco C da Esplanada dos Ministérios), poderão ser preenchidas até 29 vagas, assim distribuídas: 1 DAS-4; 20 vagas de DAS-3, 5 vagas de DAS-2 e 3 vagas de DAS-1.

nas 27 gerências regionais (o que inclui o DF), há previsão de outras 78 vagas, assim distribuídas: 18 vagas para DAS-3, 38 vagas para DAS-2 e 22 vagas para DAS-1. Os currículos não selecionados farão parte de um banco de talentos.

“Nossa intenção é trazer para a SPU os melhores profissionais disponíveis no mercado e os melhores servidores hoje integrantes da administração pública”, disse o secretário-adjunto do Patrimônio da União, Jorge Arzabe, acrescentando: “Estamos sendo norteados por princípios de eficiência, transparência e melhoria de gestão”.