Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > SPU e Ministério das Cidades encontram-se com representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto

Notícias

SPU e Ministério das Cidades encontram-se com representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto

publicado:  31/08/2010 14h48, última modificação:  28/05/2015 13h10

Brasília, 31/8/2010 - Foi realizada reunião nesta terça-feira com representantes da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Superintendência do Patrimônio da União no DF (SPU/DF), Ministério das Cidades e seis membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), para a busca de solução habitacional de áreas em Brazlândia, região administrativa do Distrito Federal.

Segundo informou Luciano Roda, diretor de Destinação do Patrimônio da SPU, presente à reunião, "uma equipe de técnicos, do órgao central e da SPU/DF irá a Brazlândia, na quarta-feira, 1º de setembro, para vistoriar as áreas apontadas pelo MTST como ideais para a implantação de programas de habitação de interesse social".

Jorge Arzabe, secretário substituto da SPU, explicou que os membros do MTST que estiveram na reunião representam grupo organizado, formado por pessoas que haviam sido retiradas de ocupação ilegal em Brazlândia.

"Agora, o assunto será tratado de maneira democrática", afirmou. Jorge também lembrou que "não carimbamos terra para ninguém. Trabalhamos com cooperativas, associações e movimentos interessados em participar de programas do Governo Fderal voltados à Habitação de Interesse Social".

Além dos representantes do MTST, de Jorge Arzabe, e de Luciano Roda, estiveram na reunião a superintendente do DF, Lúcia Carvalho; o diretor de políticas urbanísticas do Ministério das Cidades, e Arquimedes Bello, coordenador executivo de áreas de conflitos fundiários urbanos, também do Ministério das Cidades.