Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > SPU e Ipea fazem parceria para projeto de regularização na Amazônia

Notícias

SPU e Ipea fazem parceria para projeto de regularização na Amazônia

publicado:  20/12/2012 16h08, última modificação:  28/05/2015 13h10

Projeto piloto deve registrar e avaliar ações de inclusão socioterritorial e de regularização fundiária

Brasília, 20/12/2012 – A Secretaria do Patrimônio da União do Ministério do Planejamento (SPU/MP), em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), lançou chamada pública para selecionar pesquisadores para o projeto piloto “Observatório da Função Socioambiental do Patrimônio da União na Amazônia. A seleção foi aberta na última terça-feira (18).


Foto: SPU/ Divulgação

O objetivo é registrar e avaliar experiências de ações de inclusão socioterritorial e regularização fundiária na Amazônia Legal, prioridade da SPU desde 2004. Grande parte das comunidades tradicionais ribeirinhas agroextrativistas vivem em áreas pertencentes à União.

Segundo a coordenadora-geral da Amazônia Legal, Patrícia de Menezes Cardoso, a parceria SPU/Ipea é importante para "fortalecer as políticas públicas de regularização fundiária de povos e comunidades tradicionais da Amazônia, ao mesmo tempo que proporcionará a produção de conhecimento sobre experiência inovadora de efetivação da função socioambiental do Patrimônio da União".

Os candidatos interessados devem cadastrar seus currículos no Sistema de Cadastro de Bolsista, na página do IPEA até o dia 17 de janeiro de 2013.

Para mais informações clique aqui ou acesse www.ipea.gov.br e no menu a direita clique em chamadas públicas, PROMOB, Processos seletivos abertos 2012.

AS BOLSAS

São seis bolsas de pesquisa com duração prevista de 12 meses, duas destinadas à realização de trabalhos em Brasília (DF) e quatro para Belém (PA). Os requisitos necessários para candidatura as bolsas estão descritos na Chamada Pública IPEA/PNPD nº 134/ 2012.