Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > SPU cria Grupo de Trabalho para analisar situação fundiária no Vale do Araguaia

Notícias

SPU cria Grupo de Trabalho para analisar situação fundiária no Vale do Araguaia

publicado:  03/03/2015 16h18, última modificação:  28/05/2015 16h10

GT deverá promover e fomentar a interlocução com os estados de Mato Grosso e Tocantins com municípios e entidades representativas

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) divulgou nesta terça-feira (3), por meio da Portaria nº 25, os componentes do Grupo de Trabalho que promoverão estudos técnicos sobre a situação fundiária em áreas sujeitas a inundações periódicas do Rio Araguaia, conforme estabelecido na Portaria nº 10 de 30 de janeiro de 2015.

O Grupo de Trabalho é composto por servidores da SPU em Brasília e por servidores das Superintendências nos estados do Mato Grosso e Tocantins. São eles:

  • Luciano Ricardo Azevedo Roda - Diretor do Departamento de Destinação Patrimonial
  • Eliane Hirai - Diretora do Departamento de Caracterização Patrimonial
  • Fernando Campagnoli - Coordenador-geral da Amazônia Legal
  • Samuel da Silva Cardoso - Coordenador-geral de Caracterização Patrimonial
  • Wilmar Schrader - Superintendente do Patrimônio da União no Mato Grosso
  • Lucilene de Lira Alves - Superintendente do Patrimônio da União no Tocantins
  • Jorge Bohrer Marques - Assistente Técnico da Coordenação-geral da Amazônia Legal
  • Heloisa Helena Vasconcelos de Aquino - Assistente Técnica da Coordenação-geral da Amazônia Legal
     

O GT deverá promover e fomentar a interlocução com os estados de Mato Grosso e Tocantins, com os municípios referidos e com as entidades representativas locais, com a finalidade de obter dados e informações pertinentes à situação fundiária da região.