Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > Pesquisa vai facilitar a destinação de imóveis da Rede Ferroviária Federal

Notícias

Pesquisa vai facilitar a destinação de imóveis da Rede Ferroviária Federal

publicado:  03/10/2008 17h49, última modificação:  28/05/2015 13h09

Brasília, 03/10/2008 - A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) em São Paulo, órgão ligado à, do Ministério do Planejamento, firmou parceria com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) para ajudar na destinação de imóveis da extinta Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA).

A Universidade vai fazer um levantamento dos imóveis da extinta Rede em uma região que engloba os municípios de São Carlos, Araraquara, Matão, Ibaté e Américo Brasiliense, todos no Estado de São Paulo.

Em encontro na sede da Universidade, em  1º de outubro, servidores da Secretaria, discutiram com os pesquisadores envolvidos no projeto os detalhes para a realização da pesquisa.

No encontro os servidores da SPU discutiram as expectativas da Secretaria em relação ao que será pesquisado e ao resultados do estudo. Isso vai incluir o mapeamento dos indicadores sociais de cada região, o que facilitará a tomada de decisão adequada para a destinação socioambiental de cada imóvel.

Segundo Kleber Balsanelli, diretor do departamento de Incorporação de Imóveis da SPU, o levantamento a ser feito pela Universidade servirá como instrumento para que a Secretaria possa decidir, no caso de mais de um pedido de utilização daqueles imóveis, qual destinação será a mais adequada para aquele imóvel.

Segundo Balsanelli projeto, que é pioneiro e servirá como piloto, vai ter esses indicadores atualizados constantemente, permitindo o acompanhamento do resultado da destinação daquele imóvel. Ele acrescenta que o sucesso da iniciativa poderá fazer dela modelo a ser adotado em outras regiões.

Na UFSCar, quem está à frente do projeto é o arquiteto-urbanista Luiz Falcoski. São parceiros nesse projeto, a GRPU/SP, a SPU, a UFSCar, A Inventariança da antiga RFFSA, a Unesp (Bauru) e o Iphan.