Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > Ministro Bernardo entrega área em Recife (PE)

Notícias

Ministro Bernardo entrega área em Recife (PE)

publicado:  14/09/2006 06h00, última modificação:  28/05/2015 13h09

Brasília, 14/9/2006 - O ministro do Planejamento Paulo Bernardo e o prefeito João Paulo Lima e Silva assinaram nesta quinta-feira (14.09), em Pernambuco, Termo de Cessão Gratuita para o município de Recife de área da União no bairro de Boa Viagem. O terreno cedido pelo Ministério do Planejamento irá possibilitar a construção do Parque de Boa Viagem.

Paulo Bernardo destacou a importância deste espaço para a sociedade de Recife, especialmente a comunidade de Boa Viagem. O parque popular terá amplos espaços verdes e acesso a lazer. Será utilizado por, aproximadamente, cem mil moradores, dos bairros Setúbal e Boa Viagem, devendo suprir a carência de espaço na zona sul do município que tem poucas áreas públicas livres.

O Bairro de Boa Viagem onde será instalado o parque se localiza em área de orla. A praia de Boa Viagem é considerada a praia urbana mais bonita do Brasil. Recife conta com 1,4 milhão de habitantes e tem um ambiente natural formado por praias, rios, mangues, matas e mananciais. Além dessa configuração diferente das demais cidades do país, com forte apelo turístico, o município também se destaca como um dos maiores centros de produção artística e cultural do Nordeste.

O processo de cessão da área de cerca de 30 mil metros quadrados foi desenvolvido no âmbito da Secretaria do Patrimônio da União. A iniciativa do Ministério do Planejamento atende à solicitação da população encaminhada ao presidente Lula. O documento contendo 18 mil assinaturas foi apontado como o maior abaixo-assinado que se tem notícia na história de Recife. A cidade tem tradição de ter uma população engajada em causas coletivas e com grande poder de organização.

De acordo com o gerente do Patrimônio da União em Pernambuco, Paulo Ferrari, a destinação da área para a instalação do parque reforça o novo papel da Secretaria do Patrimônio da União, de contribuição ao desenvolvimento do país e ao bem estar social dos brasileiros. Ao viabilizar mais esta cessão de área, a GRPU/PE cumpre a missão institucional da SPU que é garantir função sócio-ambiental aos imóveis do patrimônio público, disse Ferrari.

O terreno constituído de três lotes do Patrimônio Imobiliário da União foi cedido por um período de 20 anos, podendo esse tempo ser prorrogado. Pelo que prevê o contrato firmado com o município de Recife, a prefeitura tem o prazo de um ano para começar as obras e de dois anos para a conclusão do projeto.