Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > Ministra afirma que governo está empenhado em fazer destinação social para terrenos da União no País

Notícias

Ministra afirma que governo está empenhado em fazer destinação social para terrenos da União no País

publicado:  13/10/2011 19h25, última modificação:  28/05/2015 16h10

Curitiba – 13/10/2011 - A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, assinou na tarde desta quinta-feira (13), em Curitiba, a concessão de três áreas da União para municípios do estado do Paraná. Os terrenos doados, avaliados em mais de R$ 5 milhões, foram destinados a uma universidade estadual, uma agência da Previdência Social e para obras no sistema viário de Ponta Grossa. De acordo com a ministra o governo federal está empenhado em dar uma destinação social para áreas da União. “No País inteiro nós temos outras áreas sendo analisadas para que, de fato, a gente dê uma utilização social própria para elas, ressaltou a Miriam.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi um dos beneficiados pela concessão da União. Um terreno de 1.800m2, avaliado em R$ 176 mil, foi doado para a construção de uma agência da Previdência Social no município de Ubiratã, no estado do Paraná.

“Estamos abrindo mais agências para facilitar o acesso de beneficiários de cidades menores. O trabalho que o INSS tem feito de melhorar o atendimento ao aposentado e ao beneficiário da Previdência teve uma mudança da água para o vinho, enfatizou a ministra Miriam Belchior.

O segundo terreno doado, de mais de 2,4 milhões de m2, foi cedido à Universidade Estadual de Ponta Grossa. Localizado na Colônia Maracanã, município de Castro, no Estado do Paraná, o imóvel avaliado em mais de R$ 3 milhões será utilizado para atividades de ensino, pesquisa e extensão do curso de graduação em Zootecnia. A área será utilizada pelos alunos para atividades científicas de pesquisas na área ambiental.

A terceira área concedida, com 19.538 m2, avaliada em R$ 2,1 milhões será uma cessão de uso de parte do 13º Batalhão de Infantaria Blindada (BIB) para obras do sistema viário da cidade. Em contrapartida o município promoverá benfeitorias nas casas da Vila Militar.