Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Patrimônio da União > Notícias > Lula prestigia inauguração de projeto da SPU no Rio

Notícias

Lula prestigia inauguração de projeto da SPU no Rio

publicado:  26/01/2010 17h51, última modificação:  28/05/2015 13h10

Brasília, 26/1/2010 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou, ontem a Creche Dra. Zilda Arns, com capacidade de atender até 150 crianças, e as obras de infraestrutura que integram o projeto da Colônia Juliano Moreira, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro.

O projeto faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento  (PAC) e está orçado em R$ 122 milhões. A primeira região a ser beneficiada foi a comunidade Entre Rios, que recebeu praça, quadra poliesportiva, campos de futebol, obras de urbanização e infraestrutura, e o Espaço de Desenvolvimento Infantil Dra. Zilda Arns.

Além das obras de urbanização, estão programadas a regularização fundiária da área, a construção de 1.665 moradias, e a preservação da memória local com a recuperação do aqueduto e do centro histórico, onde será criado o Museu Bispo do Rosário, no antigo Pavilhão 1.

A Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, localizada no Núcleo Histórico, já foi restaurada. A antiga Colônia Juliano Moreira Colônia, inaugurada como instituição psiquiátrica em 29 de março de 1924, por muito tempo foi referência nacional em atenção à saúde mental. Dos anos 20 aos 80, funcionava como destino final para pacientes considerados irrecuperáveis. Na década de 60, chegou a abrigar cerca de cinco mil pessoas. Hoje, está ocupada por prédios institucionais de valor histórico, favelas, edificações residenciais e áreas de preservação.

As obras do PAC no complexo prevêem urbanização das favelas existentes, pavimentação de vias estruturais, canalização de rios, construção de vila para idosos e implantação de museu. Integram o projeto, além do Governo Federal, a prefeitura do Rio, a Fiocruz e a Superintendência do Patrimônio da União no Rio de Janeiro (SPU/RJ).

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, o governador Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes, e a superintendente de Patrimônio da União do Rio de Janeiro, Marina Esteves, também estiveram presentes à solenidade.