Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Software livre é opção estratégica de Governo, diz secretário em abertura de Fórum

Notícias

Software livre é opção estratégica de Governo, diz secretário em abertura de Fórum

publicado:  16/04/2015 18h19, última modificação:  16/04/2015 18h19

Brasília, 18/4/2008 - O secretário de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento, Rogério Santanna, destacou na abertura do 9° Fórum Internacional de Software Livre (Fisl 9.0), em Porto Alegre, a importância do Portal do Software Público Brasileiro (www.softwarepublico.gov.br) para o fortalecimento das iniciativas voltadas à promoção do software livre.

A abertura do Fisl 9.0 ocorreu na tarde desta quinta-feira, dia 17 de abril, no Centro de Eventos da PUC/RS.

Segundo Santanna, o software livre é uma opção estratégica do Governo Brasileiro e mais difícil que abrir os códigos dessas soluções, é criar comunidades capazes de compartilhar conhecimento para desenvolvê-las e aprimorá-las cada vez mais.

Esse, na sua opinião, é um papel fundamental desempenhado pelo Portal do Software Público cujas comunidades contam com mais de 18 mil participantes que estão contribuindo para a melhoria dos softwares disponibilizados no local. O Portal é administrado pela SLTI.

"Quanto mais usarmos software livre, formos independentes de fornecedores de Tecnologia da Informação e tivermos códigos abertos, melhor será o gerenciamento, a fiscalização e a transparência do governo junto à sociedade", concluiu.

Participaram da mesa de abertura da nona edição do Fisl diversas autoridades dos três níveis da federação. Entre elas o governador do Paraná, Roberto Requião, o diretor-presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Marcos Mazoni, e o vice-governador do Rio Grande do Sul, Paulo Feijó.

9° Fisl
Começou nesta quinta-feira, dia 17 de abril, em Porto Alegre, um dos maiores eventos de software livre do mundo – o Fórum Internacional Software Livre (Fisl). O evento, que chega a sua nona edição, bateu recorde de público segundo a organização do evento: mais de 6,5 mil pessoas participam de diversas atividades que ocorrem até sábado, dia 19.

São três dias de intensa programação. Palestras com grandes nomes nacionais e internacionais, workshops, Grupos de Usuários, encontros das comunidades de software livre, Mostra de Soluções, TV Software Livre, Arena de Programação Livre, Arena Arte Livre e várias outras atividades.

O Fórum abrange o uso do software livre nas mais diversas áreas: segurança, educação, economia, política, cultura, tecnologia, entre outras.  Além de proporcionar a discussão sobre os diversos aspectos relacionados ao uso do software livre, o Fisl também visa potencializar negócios baseados em software livre. Participam do evento empresários, profissionais técnicos, diretores e técnicos da área governamental, pesquisadores e estudantes.