Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Servidores participam de oficina sobre Controle de Qualidade e Processo de Auditoria nas Entregas de Software

Notícias

Servidores participam de oficina sobre Controle de Qualidade e Processo de Auditoria nas Entregas de Software

Evento foi voltado aos servidores dos órgãos integrantes do SISP

publicado:  04/12/2015 15h01, última modificação:  04/12/2015 15h01
 
Cerca de trinta servidores participaram hoje (3) da ‘Oficina-Ambiente de Controle de Qualidade e Processo de Auditoria nas Entregas de Software’. O evento realizado no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) teve como principal objetivo apresentar o processo de auditoria e controle de versões e o ambiente de controle de qualidade, utilizando como estudo de caso o Sistema de Gestão Comercial de Gás Natural (GGAS). A oficina foi voltada aos servidores dos 224 órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP).
 
O GGAS é software hospedado no Portal de Software Público que possibilita a gestão dos cadastros, da medição, dos contratos, do faturamento (incluindo emissão das Notas Fiscais). A solução viabiliza ainda a cobrança, a arrecadação além de disponibilizar dados para a integração com sistemas da área contábil, financeira, operacional e gerencial.
 
O instrutor Júlio César Chaves afirmou que a oficina apresenta aquilo que está sendo feito em termos de controle de desenvolvimento de softwares, focando nas práticas existentes.
 
Segundo Chaves, o GGAS é um modelo inovador dentro das empresas, que até então, não tinha sido implementado. “O que pretendemos é capacitar as pessoas para trabalharem num modelo dentro de uma metodologia na qual possam saber de fato o que e como cobrarem os compradores contratados pelos fornecedores”, disse.
 
Jader de Carvalho, servidor do Tribunal Superior do Trabalho (TST), relata que essa é a oportunidade de adquirir experiências. “Trabalhamos com isso no dia-a-dia. É interessante ter uma nova visão e a obter mais conhecimento sobre o assunto”, afirma.