Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Seminário e-ping debate a troca digital de informações para o benefício da sociedade

Notícias

Seminário e-ping debate a troca digital de informações para o benefício da sociedade

publicado:  16/04/2015 15h19, última modificação:  16/04/2015 15h19

Brasília, 12/12/2005 - A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (SLTI) promove nesta terça-feira, dia 13 de dezembro, seminário técnico sobre a troca de dados e informações entre os órgãos do Governo Federal. O evento vai discutir a aplicação dos Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico (e-PING) que ganhará nova versão atualizada até o final desse ano. Essa arquitetura de informação define políticas e especificações técnicas que possibilitam, mesmo para sistemas com aplicações diferentes, a geração e troca de dados em tempo real.

Na ocasião serão apresentados casos de aplicação da e-Ping na melhoria da prestação de serviços à sociedade por meios eletrônicos. Um exemplo é o Sistema Nacional de Integração de Informações em Justiça e Segurança Pública (Infoseg), do Ministério da Justiça. O Sistema integra informações referentes a indivíduos criminalmente identificados, armas de fogo, veículos, condutores, entre outros. A iniciativa permite que agentes de segurança pública, de justiça ou de fiscalização, possam acessar o sistema e verificar, por exemplo, se um suspeito está sendo procurado em outros estados, o que antes não era possível.

Outro exemplo que será citado no evento é o andamento do processo de interligação dos cartórios brasileiros através da arquitetura e-Ping. Em junho desse ano, a SLTI e a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg) firmaram um convênio para a troca de informações entre os cerca de 18 mil cartórios para beneficiar cidadãos, empresas e o próprio governo.

Entre as principais vantagens previstas com a iniciativa estão a redução de fraudes e de erros e a aceleração no processamento de informações, possibilitando uma comunicação mais rápida como, por exemplo, nos casos de registros de nascimentos, falecimentos e imóveis. Com o convênio, serão integrados cartórios de registro civil, de bens e imóveis, pessoas jurídicas, tabelionato de notas, cartório de protesto de notas, entre outros.

Integração de Sistemas
A arquitetura e-PING também viabiliza a implementação do Sistema de Integração e Inteligência em Informações de Governo (i3-Gov) que é desenvolvido pela SLTI em plataforma aberta. O i3-Gov, que também será apresentado no seminário, permite conectar os dados, informações e processos armazenados nos oitos sistemas estruturadores do governo federal.

Os sistemas estruturadores tratam informações essenciais ao governo, de compras governamentais, programas sociais do governo, recursos patrimoniais, orçamentários, servidores públicos, entre outros. O objetivo é aprimorar a produção de informações referentes a esses sistemas de Governo e organizar o conhecimento sobre os processos de tratamento das informações. O i3Gov deve entrar em operação no início de 2006.

Participantes

Participam do evento servidores do Ministério do Planejamento, do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), da Caixa Federal, Banco do Brasil, da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), do Departamento de Informações e Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus), além de coordenadores de Informática dos diversos Ministérios e outros convidados.

Data e Local
Dia 13/12/2005 às 14h30
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Bloco K, Auditório Térreo
Inscrições pelo email: eping@planejamento.gov.br