Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Rede Infovia Brasília será expandida em 2015

Notícias

Rede Infovia Brasília será expandida em 2015

publicado:  12/05/2015 11h40, última modificação:  09/10/2015 17h16

Rede de fibra ótica atende órgãos federais com serviços e funcionalidades em ambiente seguro

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) publicou nesta terça-feira (12), no Diário Oficial da União (DOU), o aviso de licitação para a contratação de empresa de engenharia para a execução de serviços de infraestrutura de rede de fibra ótica. O objetivo é promover a expansão e adequação da Infovia Brasília para atender aos órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (Sisp).  

O processo licitatório está estimado em R$ 44,7 milhões e o pregão eletrônico nº 17/2015 será realizado no próximo dia 25. Além do MP, participam da ata de registro de preço o Exército Brasileiro, o Governo do Distrito Federal (GDF) e a Fundação da Universidade de Brasília (FUB). 

“Um dos objetivos da contratação é expandir a capilaridade da Infovia Brasília e assim permitir o atendimento a novos órgãos”, explica o secretário de Logística e Tecnologia da Informação do MP, Cristiano Heckert. Segundo o secretário, também será possível a conexão de pontos adicionais de entidades que já fazem parte da rede, que atualmente atende a 91 órgãos e entidades públicas em 199 pontos de conexão distintos. 

A Infovia Brasília é uma infraestrutura de rede ótica metropolitana de comunicações, construída para fornecer aos órgãos do governo federal situados em Brasília um conjunto de serviços e funcionalidades em ambiente seguro. Outro objetivo da licitação é modificar o traçado da rede para evitar interferências físicas no cabo ótico central. Participam do Sisp 216 órgãos e a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) é o órgão central do sistema. 

Redes locais 

As redes GDFNet e GigaCandanga, gerenciadas pelo GDF e FUB, respectivamente, também serão ampliadas. Outros órgãos interessados podem aderir ao processo de contratação após a publicação da ata de registro de preço. As empresas interessadas em participar do processo licitatório podem acessar o edital no Portal de Compras Governamentais (Comprasnet).