Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Prêmio incentiva a produção de aplicativos com dados governamentais

Notícias

Prêmio incentiva a produção de aplicativos com dados governamentais

publicado:  16/04/2015 15h20, última modificação:  16/04/2015 15h20

Informações do Procon disponíveis para os cidadãos

Brasília, 22/5/2013 – Por meio do aplicativo Reputação S/A, qualquer cidadão pode acessar informações do Cadastro Nacional de Reclamações Fundamentadas (Procons) e consultar, por exemplo, qual empresa de telefonia recebe maior número de reclamações, quais as queixas mais frequentes e o percentual de soluções das reclamações. O aplicativo, desenvolvido pela empresa Dataviz, foi o vencedor do 1º Concurso de Aplicativos em Dados Abertos do Ministério da Justiça em parceria com o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) – Escritório W3C Brasil.

A solução eletrônica foi desenvolvida por três amigos em apenas dois dias e reúne dados abertos disponibilizados pelo Ministério da Justiça em 2012. “Tudo começou como uma brincadeira e foi ficando sério. A ideia demorou a surgir, mas o aplicativo foi produzido em dois dias, relatou Leonardo Tartari, representante do grupo Dataviz.

A intenção do prêmio é fomentar a produção de aplicativos que possam tornar dados disponibilizados, acessíveis. “É maravilhoso acompanhar esses talentos sendo utilizados nessa política de transparência, afirmou Márcia Pellegrini, secretária executiva do Ministério da Justiça.

DADOS ABERTOS

Coordenada pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (SLTI/MP), a política brasileira de dados abertos tem como objetivos fundamentais a promoção da transparência, engajamento na participação social, desenvolvimento de novos e melhores serviços governamentais e o aumento da integridade pública. “A publicação de dados abertos possibilita a interpretação de informações governamentais da maneira que interessar à sociedade. É um passo que está além da publicação das informações. É a possibilidade de criar com esses dados aplicativos como os que tivemos aqui, explicou Nazaré Bretas, secretária adjunta da SLTI.

Os dados são abertos quando podem ser utilizados, cruzados e compartilhados livremente por qualquer pessoa. Ao serem publicados desta maneira, se tornam fonte de subsídio para pesquisadores, empresas, comunidade de Tecnologia da Informação (TI) e gestores públicos. A disponibilização dos dados de maneira aberta está prevista na Lei nº 12.527, 18 de novembro de 2011, que regula o Acesso a Informação.

Para acessar ao Reputação S/A e a outros aplicativos desenvolvidos com dados governamentais, basta visitar o Portal Brasileiro de Dados Abertos.