Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Poder de compra do governo federal pode incentivar políticas públicas

Notícias

Poder de compra do governo federal pode incentivar políticas públicas

publicado:  16/04/2015 15h20, última modificação:  16/04/2015 15h20

Desafio é otimizar as atividades, que movimentaram 72 bilhões em 2012

Brasília, 12/03/2013 - Como utilizar o poder de compras do governo federal para diminuir desigualdades regionais e incentivar as políticas públicas. Estas e outras informações foram levadas aos servidores da administração pública nesta terça-feira, 12, pelo diretor substituto do departamento de logística e serviços gerais do Ministério do Planejamento, Alexandre Quaresma, na oficina "Novo Paradigma das Compras Governamentais", durante a  1ª Jornada Internacional de Gestão Pública.

Em 2012, as compras e contratações de bens e serviços realizadas pelos órgãos públicos federais movimentaram cerca de R$ 72,6 bilhões. Foram 231,8 mil processos licitatórios para a aquisição de itens como caminhões, micro-ônibus, ambulâncias, camas hospitalares, alimentos e também serviços para a manutenção e reforma predial. Para além de abastecer e manter os órgãos da administração pública, a questão é como utilizar o poder de compra do Estado a favor da sociedade. "Queremos garantir a eficiência do gasto público e o incentivo a questões consideradas elementares como, por exemplo, o desenvolvimento sustentável e o menor impacto ambiental", esclareceu Alexandre Quaresma.

No ano passado, o valor gasto com as compras governamentais foi o mais alto já registrado, dado que revela a possibilidade de utilizar o Portal de Compras do Governo Federal (Comprasnet), como política capaz de incentivar diversos setores da economia, como Micro e Pequenas Empresas, por exemplo. Além disso, o estabelecimento de critérios de sustentabilidade para as compras governamentais podem levar ao estabelecimento de um novo paradigma. "Queremos estimular a produção e o consumo sustentável", afirmou Quaresma.

Mais informações sobre o Comprasnet podem ser acessados no portal. Até a próxima quarta-feira, 13, seguem as atividades da 1ª Jornada Internacional de Gestão Pública. O encontro reúne cerca de 2.500 pessoas para discutir os novos rumos da gestão pública no Brasil.