Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Planejamento publica norma de sustentabilidade em setembro

Notícias

Planejamento publica norma de sustentabilidade em setembro

publicado:  16/04/2015 15h20, última modificação:  16/04/2015 15h20

Brasília, 5/9/2012 – O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) publicará, ainda nesta primeira quinzena de setembro, uma nova norma para orientar os órgãos públicos na implantação de seus Planos de Gestão de Logística Sustentável. O anúncio foi feito pelo secretário de logística e tecnologia da informação, Delfino Natal de Souza, nesta quinta-feira, 5, durante o Fórum Agenda Ambiental na Advogacia-Geral da União, em Brasília. A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) preside a Comissão Interministerial de Sustentabilidade na Administração Pública (CISAP).

De acordo com o secretário, a norma vem para intensificar a adoção de itens de sustentabilidade nas compras públicas sem causar um retrabalho dos órgãos públicos. “Nós tivemos 90 dias de intensos trabalhos e vamos publicar junto com esta norma um modelo deste plano, explica Souza.

O secretário relatou que durante esse período foram realizadas diversas reuniões para a elaboração deste modelo de plano. Para Souza, os órgãos públicos não terão dificuldade para implementar as ações de sustentabilidade propostas. “Nós vamos ter uma facilidade de implantação e uma adesão maciça, disse.

Todos os órgãos da administração pública federal deverão elaborar o seu plano. Este deve conter, por exemplo, a atualização do inventário de bens e materiais do órgão e a identificação de similares de menor impacto ambiental para a sua substituição, e também práticas de sustentabilidade e de racionalização do uso de materiais e serviços.

A CISAP foi instituída pelo decreto nº 7.746, de junho de 2012, com o objetivo de  implementar critérios, práticas e ações de sustentabilidade no âmbito da administração pública federal. A comissão é formada por representantes do MPOG e também dos seguintes ministérios: Casa Civil; Meio Ambiente; Minas e Energia; Ciência Tecnologia e Inovação; Fazenda; Desenvolvimento, Indústria e Comércio; e Controladoria-Geral da União.

PNDProc
Em sua palestra no fórum, o secretário destacou também o Plano Nacional de Desmaterialização de Processos (PNDProc).  Para Souza, este é um dos pilares para a promoção da prática sustentável. “Esta ação vai gerar uma informatização dos órgãos públicos, melhor gerenciamento e reduzir significativamente o uso de papel, disse.

Crescimento
Nos seis primeiros meses de 2012, as compras públicas sustentáveis tiveram um crescimento de 219% quando comparadas ao mesmo período do ano passado. Neste período, estas compras movimentaram R$ 18,3 milhões contra os R$ 5,73 milhões de 2011.