Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Planejamento prestará serviços em tecnologia para o MDIC

Notícias

Planejamento prestará serviços em tecnologia para o MDIC

Plano de trabalho assinado hoje prevê ações na área até outubro

publicado:  27/08/2015 11h49, última modificação:  27/08/2015 15h25
Foto: Divulgação Ascom

Foto: Divulgação Ascom

Servidores do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) prestarão serviços na área de Tecnologia da Informação e das Comunicações (TIC) no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O acordo assinado hoje (27) entre os órgãos faz parte da nova metodologia de atendimento da Central de Serviços e Suporte do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (C3S/Sisp). O plano de trabalho tem validade até o fim de outubro.

A ação prevê trabalhos técnicos na área de contratações de TIC, revisão do Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI), implantação de um Comitê de Tecnologia da Informação e elaboração da Carta de Serviços Eletrônica da Secretaria de Comércio Exterior. “Essas iniciativas tem o cunho de dar maior racionalidade a todos os nossos processos e otimizar os custos”, disse o subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração do MDIC, Jaime Herzog.

Segundo o secretário de Logística e Tecnologia da Informação do MP, Cristiano Heckert, a nova sistemática implantada prevê a alocação temporária de analistas em Tecnologia da Informação nos órgãos. “Eles prestarão serviços por tempo determinado, escopo fixo e entregas claras voltadas à atividade finalística do órgão e a melhoria do serviço para o cidadão”, explicou. O MDIC foi o segundo órgão a assinar esse tipo de acordo com a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI). O primeiro foi a Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

O Sisp é a estrutura usada pelo governo federal para a organização do trabalho, controle, supervisão e coordenação da área de TIC na administração direta, autárquica e fundacional. Todos os 219 órgãos integrantes do sistema podem pedir este serviço à SLTI. A solicitação de apoio à central deve ser efetuada pelo órgão ou entidade demandante na página da C3S.