Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Planejamento divulga balanço de compras públicas realizadas em 2012

Notícias

Planejamento divulga balanço de compras públicas realizadas em 2012

publicado:  16/04/2015 15h20, última modificação:  16/04/2015 15h20

Aquisições alcançam valor recorde neste último ano

 

Brasília, 8/2/2013 - As compras e contratações de bens e serviços realizadas pelos órgãos públicos federais movimentaram cerca de R$ 72,6 bilhões em 2012 e chegaram a um valor recorde. Durante o último ano, foram realizados 231,8 mil processos licitatórios para a aquisição de itens como caminhões, micro-ônibus, ambulâncias, camas hospitalares, alimentos e também serviços para a manutenção e reforma predial. Os dados foram extraídos do Portal de Compras do Governo Federal (Comprasnet) e divulgados pelo Ministério do Planejamento (MP) nesta quinta-feira,7.

O secretário de logística e tecnologia da informação, Delfino Natal de Souza, relata que as compras públicas alcançaram um valor recorde em 2012. "Temos de comemorar este valor, pois utilizamos o poder de compra do Estado Brasileiro para incentivar diversos setores da economia, como as Micro e Pequenas Empresas, por exemplo", disse. 

Highslide JS

Para a realização dessas aquisições, o governo federal utilizou as seguintes modalidades de contratação: pregão eletrônico, pregão presencial, convite, concorrência, tomada de preços, concurso e dispensa/inexigibilidade de licitação. Esta última forma de aquisição foi responsável por 193,7 mil dos processos e movimentou 34% do valor total dos bens e serviços adquiridos. Já as compras por licitação ficaram em torno de R$ 48, 1 bilhões, ou seja, 66% de tudo o que foi contratado.

As compras realizadas com dispensa/inexigibilidade de licitação são regulamentadas pela lei nº 8.666. São exemplos de bens e serviços adquiridos desta maneira remédios que envolvem patente; sistemas de segurança e armamento para as Forças Armadas; e também as aquisições realizadas em casos de emergência ou calamidade pública. Além disso, essa modalidade também inclui as compras de até oito mil reais.

Os dados divulgados pelo MP foram corrigidos pelo Índice de Preços ao Consumidor Dessazonalizado (IPCA), com base no ano de 2012. 

Highslide JS

Leiam as matérias abaixo e tenham acesso a detalhes de como a União incentiva o uso do pregão eletrônico, o crescimento das Micro e Pequenas Empresas (MPEs) e as compras de produtos sustentáveis e também de Tecnologia da Informação (TI). Neste especial, será possível conhecer ainda o quê os órgãos públicos federais espalhados pelos estados brasileiros adquiriram no último ano e os produtos mais comprados.

 

Leia mais:

Pregão eletrônico gera economia de 19% para governo federal
Participação de MPEs se mantém estável em 2012
Obras de engenharia civil foram as mais contratadas pelo governo em 2012
Compras de TI movimentam R$ 5 bi
Centro-oeste concentra 56% das compras do Governo Federal