Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Planejamento disponibiliza versão Linux da Suíte Vlibras

Notícias

Planejamento disponibiliza versão Linux da Suíte Vlibras

O software conta com 3.119 sinais disponíveis

publicado:  12/06/2015 17h23, última modificação:  12/06/2015 17h23

O Ministério do Planejamento, Gestão e Orçamento (MP), em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFP), disponibiliza hoje (12/6), a versão Linux da Suíte Vlibras. O software livre é um tradutor de conteúdo digital para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em maio, o Ministério já havia disponibilizado a versão para Windows, contendo 2.500 sinais. O dicionário dispõe, agora, de 3.119 códigos nas duas versões.

A solução reduz barreiras de comunicação e amplia o acesso à informação das cerca de 9,5 milhões de pessoas com deficiência auditiva no país. Anteriormente, não havia uma ferramenta que adequasse os portais públicos às necessidades dos deficientes auditivos. “Antes, o acesso aos portais públicos era zero. O software atende aos deficientes auditivos que têm acesso à Língua Brasileira de Sinais”, explicou Adriana Padula Jannuzzi, servidora do programa de acessibilidade da Câmara dos Deputados.

A Suíte VLibras consiste em um conjunto de soluções computacionais composta pelas ferramentas VLibras-Desktop, VLibras-Plugin, VLibras-Video e WikiLibras. Com previsão de lançamento da versão oficial para o final de 2016, o software será capaz de traduzir do português para o Libras qualquer conteúdo disponibilizado pelos sites da administração pública, seja texto, áudio ou vídeo e possuirá entre oito e dez mil sinais. A primeira versão do Vlibras, ainda em fase de testes, está disponível na página da solução.

Os interessados em contribuir com a melhoria da versão beta podem enviar suas contribuições para a equipe da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento por meio do seguinte endereço eletrônico: govbr@planejamento.gov.br.