Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Onze órgãos assinam acordos para receber Analistas em Tecnologia da Informação

Notícias

Onze órgãos assinam acordos para receber Analistas em Tecnologia da Informação

Planos de trabalho envolvem metas a serem atendidas até o fim de 2017

publicado:  08/01/2016 15h10, última modificação:  08/01/2016 17h57
 
Onze órgãos públicos assinaram hoje (8) planos de trabalho com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) para receber novos Analistas em Tecnologia da Informação (ATIs). A nomeação dos 228 servidores ocorreu em 30 de dezembro de 2015. A atuação dos ATIs ocorrerá de forma descentralizada nos órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (Sisp). O MP é o órgão central do sistema, que conta com a participação de 224 instituições públicas.

Onze órgãos assinam acordos para receber Analistas em Tecnologia da Informação
 
“Pela primeira vez, vamos alocar esses ATIs com planos de trabalho que foram construídos de forma colaborativa com os órgãos que estão recebendo os servidores. Estes planos refletem a prioridades de cada órgão, sinalizando como a tecnologia pode apoiar”, explicou o secretário de Tecnologia da Informação do MP, Cristiano Heckert.
 
O documento assinado pelos órgãos contém metas que devem ser atendidas até o fim de 2017. Os objetivos do plano de trabalho estão divididos em grupos como ‘projetos estratégicos dos órgãos’, ‘princípios e objetivos da Estratégia de Governança Digital (EGD)’ e ‘melhoria dos processos estruturantes de governança e gestão de TI’.
 
Até o início de fevereiro, a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) fará mais dois eventos para a celebração desses termos. “Os ATIs vêm para mudar o grau de desempenho das políticas públicas e dos serviços prestados pelo governo federal amparados em tecnologia. Eles serão alocados nos órgãos do Sisp em Brasília, nos diversos ministérios, autarquias e fundações”, complementa Heckert.
 
Um dos órgãos a firmar a parceria com o MP foi o Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (MMIRDH). Entre as metas do ministério estão a adequação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) aos padrões de Acessibilidade Digital; a publicação do Plano de Dados Abertos; e o cadastramento dos serviços prestados à sociedade no Portal de Serviços.
 
“O plano de trabalho dos novos analistas no âmbito de nosso ministério vai exigir um trabalho aprofundado e consolidado de apoio para a fase de modernização administrativa e fusão de competências que nós estamos vivendo”, disse a secretária-executiva do MMIRDH, Élida Lauris.
 
Além do MMIRDHassinaram acordo com o MP os Ministérios da Justiça (MJ), Defesa (MD), Relações Exteriores (MRE), Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Cultura (Minc), Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Meio Ambiente (MMA), Turismo (MTUR) e Integração (MI).